Publicidade

Correio Braziliense

Will Ferrell e Kevin Hart são acusados de homofobia e racismo em novo filme

Em exibição de Get hard, novo filme dos comediantes, público se sentiu ofendido pelo humor escrachado


postado em 19/03/2015 11:53 / atualizado em 19/03/2015 16:51



A qualidade do filme de comédia Get hard, protagonizado por Will Ferrel e Kevin Hart, foi colocada em questão depois de sessão do festival SXSW nesta segunda-feira (16/3), no Texas. Como é de praxe do evento, depois da exibição dos filmes, um debate é realizado para testar a aceitação da audiência. E na ocasião, o diretor do filme Etan Cohen, foi acusado pelo público, e pela crítica, de ter realizado uma comédia exageradamente racista e homofóbica.

No filme, Ferrell interpreta um investidor financeiro que vai preso por questões fiscais e que decide pedir para Hart, um lavador de carros que já esteve na prisão, um treinamento e dicas para sobreviver no cárcere. Ao longo da produção, diversas piadas sobre homossexuais, negros e latinos teriam caído em estereótipos e no preconceito deliberado.

Get hard tem estreia marcada nos Estados Unidos no dia 27 de março.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade