Publicidade

Estado de Minas

Restaurante de chef de Brasília ganha uma estrela no Guia Michelin

A lista vazou na madrugada de sexta e trouxe o restaurante Lima Restobar, do Rio de Janeiro, como recomendado pela boa relação custo-benefício


postado em 20/03/2015 12:28 / atualizado em 21/03/2015 18:10

Peruano, Marco Espinoza comanda o Taypá, em Brasília, e outros restaurantes no Rio de Janeiro(foto: Fabricio Rodrigues/Divulgação)
Peruano, Marco Espinoza comanda o Taypá, em Brasília, e outros restaurantes no Rio de Janeiro (foto: Fabricio Rodrigues/Divulgação)
Vazou na madrugada dessa sexta (20/3) os restaurantes do Rio de Janeiro e São Paulo premiados pelo Guia Michelin. O chef peruano Marco Espinoza, do brasiliense Taypá, foi lembrado pela publicação graças ao trabalho à frente do Lima Restobar, bar sob seu comando na capital carioca, recomendado pela boa relação entre custo e benefício na categoria Bib Gourmand. "Esse reconhecimento é fruto do trabalho da minha equipe", comemora.

No ano passado, o Taypá foi eleito o melhor restaurante da cidade e melhor cozinha de mundo pela revista Encontro Gastrô, do Correio. Assim como a casa brasiliense, uma das especialidades do Lima RestoBar é o ceviche (peixe fresco marinado em molho de limão e especiarias) e o pisco, bebida típica do Peru, que aparece em diferentes versões de drinques. "A vibrante e moderna atmosfera combina perfeitamente com o conceito de um gastrobar", elogiou a publicação.

Entenda

O Guia Michelin é um sistema de classificação de restaurantes adotado em todo o mundo, e é considerado uma das maiores premiações do setor. Pela primeira vez foi realizada uma edição brasileira, que seria divulgada no começo de abril. O país foi o primeiro em toda América do Sul a receber uma versão local.

Como já era esperado, o restaurante mais bem avaliado entre as duas capitais foi o paulista D.O.M - de Alex Atala -, o único a receber duas estrelas. Nenhum restaurante conseguiu três estrelas, maior reconhecimento dado pelo Guia. A lista completa está disponível aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade