Publicidade

Estado de Minas

Polêmico, Carlos Imperial é tema de documentário e biografia é relançada

Este ano, o artista completaria 80 anos de vida, em 24 de novembro. Morreu aos 56, em 1992


postado em 19/04/2015 08:00 / atualizado em 18/04/2015 18:05

(foto: Arquivo Pessoal)
(foto: Arquivo Pessoal)


“Um homem intenso.” Essas são as palavras usadas pelo jornalista e cineasta Renato Terra, codiretor do documentário Eu sou Carlos Imperial, para resumir o personagem do filme. Ator, compositor e agitador cultural, o capixaba de língua solta e corpo avantajado marcou a cena cultural do país nos anos 1960 e 1970 ao dar luz ao talento de nomes como Roberto Carlos, Tim Maia, Elis Regina, Clara Nunes e Wilson Simonal. Além do documentário, que deve chegar em breve aos cinemas, Imperial teve sua biografia relançada recentemente. Este ano, o artista completaria 80 anos de vida, em 24 de novembro. Morreu aos 56, em 1992.

Brasília guarda parte da família de Carlos Imperial. O irmão mais velho dele, o ex-procurador-geral da República Francisco Imperial, morto no ano passado, criou os cinco filhos na capital federal, o que fez com que o artista desembarcasse na cidade várias vezes nos anos 1970 e 1980. Dono da reserva ecológica particular Chapada Imperial, localizada a cerca de 50km do Plano Piloto, Márcio Imperial, de 45 anos, é um dos sobrinhos do ilustre compositor, e tem na lembrança boas histórias ao lado dele.

Botafoguense como o tio, Márcio era muito paparicado por Carlos, e ganhava um bocado de presentes de motivos temáticos. A vinda de Imperial à capital federal causava alvoroço na escola dos sobrinhos, a ponto de os colegas e seus pais aparecerem para pedir autógrafos. “Eu morria de vergonha”, recorda Márcio. “Quando ele foi jurado do carnaval do Rio e lançou o ‘nota 10’, que ficou bem famoso, eu tive que passar um ano ouvindo isso dos amigos.”

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade