Publicidade

Estado de Minas

Margareth Menezes grava disco com músicas de Gil e Caetano

Cantora baiana contou com participações especiais como Rosa Passos e Saulo


postado em 23/05/2015 08:02

A baiana recebe Gil como convidado especial no trabalho gravado ao vivo(foto: Coleção Canal Brasil/Divulgação)
A baiana recebe Gil como convidado especial no trabalho gravado ao vivo (foto: Coleção Canal Brasil/Divulgação)
 

A música de Caetano Veloso e Gilberto Gil é, e sempre foi, referência para Margareth Menezes. Ela teve o primeiro contato com a obra dos tropicalistas na adolescência, período em que sonhava com a carreira de atriz. Logo depois, juntou-se a jovens artistas baianos no grupo teatral Troca de Segredos.

Naquela época — início da década de 1980 —, Margareth já encantava os espectadores ao soltar o vozeirão em canções dos dois ícones da música baiana. A cantora havia lançado seu primeiro LP, quando fez uma série de shows pelo país, como convidada de Gilberto Gil e Dominguinhos.

No começo da década de 1990, a cantora lançou o CD Gente de festa, que contou com a participação de Caetano Veloso. No carnaval de 1996, esteve ao lado de Caetano e Gil no Bloco da Cidade. No ano seguinte, gravou o clássico Domingo no parque, no álbum Tropicália: 30 anos.

Perto de completar três décadas de carreira, Margareth leva sua admiração pela obra dos dois às últimas consequências, em Para Gil e Caetano, CD ao vivo e DVD gravados em maio do ano passado, no Rio de Janeiro. O projeto chega ao público no momento em que os homenageados completam 50 anos de carreira.

“A ideia de realizar esse trabalho surgiu há três anos. A afeição que tenho por Gil e Caetano não foi algo arquitetado, veio espontaneamente. Em 2013, consegui datas na pauta de Teatro Rival BR, no Rio e ali fiz a estreia do show Para Gil e Caetano, levado depois a outros palcos e outras cidades brasileiras, durante quase dois anos”, conta Margareth.

“Eu já havia feito um outro DVD com eles. Ao receber a aprovação parti para a produção e aí convidei Gil, Caetano, Rosa Passos e Saulo Fernandes para estarem comigo no show. Com Gil, vieram Bem e Preta e, a eles, para minha alegria, se juntou Moreno Veloso”, conta a cantora.

Músicas de diferentes fases dos homenageados foram reunidas no repertório. De Caetano, Margareth recria o clássico Como 2 e 2, mais Um índio, O quereres, Gema e Purificar o Subaé (juntas num medley) e divide a interpretação de Eclipse oculto, com Saulo Fernandes. “Como estava em turnê, Caetano não pôde participar do show que gerou o DVD. Mas tive o prazer de contar com ele em Luz do sol e Uns, numa gravação de estúdio”, destaca.

Gil teve uma participação bem maior. “Com ele, fiz duo em Alguém cantando, Deixar você e Esotérico. Ele está presente, também, nas faixas Clichê o clichê, com Moreno Veloso e Bem Gil; e em Refazenda, com Moreno, Bem e Preta Gil”. No hino da Tropicália Panis et circensis, Maga (como os amigos a chamam) foi acompanhada, igualmente, pelos três.

Sozinha, Margareth exibe a voz privilegiada em canções como Buda nagô. Um dos grandes momentos do DVD é o encontro de Margareth com Rosa Passos em Eu vim da Bahia. “Quis muito que Rosa tomasse parte desse projeto. Acompanho o trabalho dessa importante intérprete da MPB desde que lançou Curare, seu primeiro CD. Cantar com ela era um sonho que eu acalentava há muito tempo", revela


Margareth Menezes — Para Gil & Caetano
DVD e CD ao vivo da cantora e convidados com 24 faixas e extras. Preço médio do CD 19,90 e do DVD 24,90. Lançamento Coleção Canal Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade