Publicidade

Estado de Minas

Trilhas sonoras são peça importante no sucesso de um filme

A combinação entre imagem e som garante o tempero final e a dose certa de emoção no cinema


postado em 07/07/2015 07:35

O grupo Luz, câmera, canção! dedica-se a interpretar o repertório trazido das telonas(foto: Arquivo Pessoal)
O grupo Luz, câmera, canção! dedica-se a interpretar o repertório trazido das telonas (foto: Arquivo Pessoal)
 

Pense no seu filme preferido ou naquele que assistiu mais vezes e tente se lembrar das cenas. É bem provável que em algumas delas tenha entrado uma trilha sonora inesquecível. A música e o cinema estão intimamente conectados, e através dela, os filmes conseguem expandir e ultrapassar as emoções transmitidas apenas pelas palavras.

A memória humana é extremamente musical. Falar de grandes sucessos cinematográficos como Titanic, Uma linda mulher, Footlose é quase garantia certa de saber cantarolar algum trecho das canções e lembrar de cenas célebres.

Muitas trilhas sonoras ficam tão famosas, ou até mais, do que os filmes a que pertencem e se tornam a referência principal para despertar nossa memória. É o caso de Time of my life, do filme Dirty dancing, em que a cena final do casal interpretado pelos atores Patrick Swayze e Jennifer Gray tornou-se o ponto mais marcante do filme.

Atentos a essa característica do público,  grupos como o The soundtrackers, em São Paulo; a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e o Luz, câmera, canção!, também na capital, optaram pelo repertório trazido das telonas. O maestro Cláudio Cohen, da Orquestra Sinfônica, destaca que iniciou o projeto a pedido do próprio público e que esse concerto cinematográfico tem sido frequentemente apresentado por orquestras do mundo todo.

 

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade