Publicidade

Estado de Minas

Idosos e bebês na balada: confira opções culturais para as duas gerações

A cidade oferece uma série de atividades destinadas a esse público tão especial


postado em 14/12/2015 07:31

Tradição brasiliense: o baile do Clube dos Previdenciários já existe há 40 anos(foto: Dani Lobo/Divulgação)
Tradição brasiliense: o baile do Clube dos Previdenciários já existe há 40 anos (foto: Dani Lobo/Divulgação)

Em comum, eles requerem cuidados especiais e muito carinho. Mas são um público especial. Não faltam opções para idosos e bebês participarem da vida cultural da cidade. Na terceira idade, quando os filhos começam a abandonar o lar e ter menos tempo de convívio com os pais, a chamada síndrome do ninho vazio surge em meio a um sentimento de solidão, comum também especialmente em mães no período pós-parto, quando as atenções da família se voltam para o bebê, enquanto ela passa por várias mudanças físicas e emocionais. Para estimular a quebra desse isolamento, melhorar a qualidade de vida ou simplesmente celebrar a vida nessas fases, o Correio andou pesquisando opções culturais tanto para os mais bem vividos, quanto para bebês (ou pais com seus filhotes).

» Bailes para a terceira idade

Segunda-feira
» Baile no Paradão (CNL 1, Lt. A — atrás da Feira Permanente da QNL de Taguatinga). Segundas-feiras, das 14h30 às 19h30. Entrada a R$ 10 (com direito a uma cartela de bingo). Informações: 3336-1960. Não recomendado para menores de 18 anos.
» Baile no Centro de Convivência do Idoso (ao lado do ginásio de esporte, próximo à Administração Regional do Guará). Toda segunda-feira, das 14h às 18h. Entrada a R$ 10 (com direito a uma cartela de bingo e a um lanche). Música ao vivo. Informações: 3567-1911 (Paulo). Não recomendado para menores de 18 anos.

Terça-feira
Tarde dançante no Sesc 913 Sul (Av. W4 Sul Q. 713/913, lt. F). Terças-feiras, das 14h às 18h. Entrada franca e só para quem é associado (pessoas acima de 60 anos podem se associar gratuitamente). O Sesc 913 Sul ainda oferece aulas gratuitas (só para associados maiores de 60 anos) de dança cigana e folclórica, além de teatro e coral. Informações: 3445-4401. Não recomendado para menores de 18 anos.

Quarta-feira
» Happy hour no Sesc 913 Sul (Av. W4 Sul, Q. 713/913, lt. F). Toda quarta-feira, das 19h às 23h. Entrada a R$ 20 (inteira). Pessoas acima de 60 anos pagam meia. Música ao vivo. Informações: 3445-4401. Não recomendado para menores de 18 anos.
» Baile no Centro de Convivência do Idoso do Guará (ao lado do ginásio de esporte, próximo à Administração Regional). Quartas-feiras, das 14h às 19h. Entrada a R$ 10 (com direito a uma cartela de bingo e a um lanche). Música ao vivo. Há também uma terapia comunitária. Informações: 8644-3022 (Juca). Não recomendado para menores de 18 anos.

Quinta-feira

» Baile da Associação dos Idosos do Guará. Quintas-feiras, das 14h as 18h. Entrada R$ 12 (com direito a uma cartela de bingo e a um lanche). Música ao vivo. Informações com Socorro: 3381-1444. Não recomendado para menores de 18 anos.
» Seresta da Asmac (Área de Expansão Norte Q. 1, lt. J, Setor Norte - Gama). Quintas-feiras, das 14h às 18h. Entrada a R$ 10, com direito a uma cartela de bingo e a um lanche). Música ao vivo. Informações: 3384-6265 / 8150-6869 (Maria José). Não recomendado para menores de 18 anos.

Sexta-feira

» Seresta do Clube dos Previdenciários (SEPS 712/912, Cj. D, Bl. 1). Todas as sextas-feiras, às 20h. Entrada a R$ 40. Meia-entrada para sócios do clube, maiores de 60, professores, estudantes e pessoas com deficiência. Música ao vivo. Informações e reservas: 3878-7100. Não recomendado para menores
de 18 anos.
» Baile Dançando à beira lago. Bar do Alemão (SHTN Polo 3, Tc. 1, Lt. 9 — Projeto Orla). Às sextas-feiras (quinzenalmente), às 21h00. Entrada a R$ 25 antecipado e 30 na hora. Informações e reservas: 9695-4665. Não recomendado para menores de 18 anos.

Sábado

» Baile do Cipriano. Taboo Grill (SHS Q. 1, Bl. A). Quinzenalmente, às 20h30. Entrada a R$ 35. Música ao vivo. Informações e reservas: 3554-6703 / 8540-1174. Não recomendado para menores de 18 anos.
» Associação de Idosos Rosas Prateadas (antiga Casa do Pioneiro — Av. Central, Área 19 — perto do cartório). Das 14h às 19h. Couvert artístico a R$ 10. Música ao vivo. Informações com Íria: 8602-8906. Não recomendado para menores de 18 anos.

Domingo
» Baile no Centro de Convivência do Idoso do Lúcio Costa (Q. 4, Área Especial 1). Aos domingos, das 14h às 19h. Entrada a R$ 13, com direito a uma cartela de bingo e a um lanche. Música ao vivo. Informações: 8302-7573 / 8400-0076 (Ezi). Não recomendado para menores de 18 anos.
» Seresta da Asmac (Área de Expansão Norte Q. 1, lt. J, Setor Norte — Gama). Quintas-feiras, das 14h às 18h. Entrada a R$ 10, com direito a uma cartela de bingo). Música ao vivo. Informações: 3384-6265 / 8150-6869 (Maria José). Não recomendado para menores de 18 anos.

Agito dos pequenos

» Cinema para mães “recém-nascidas”

» Em Brasília desde 2009, o projeto CineMaterna tem promovido uma invasão de bebês em cinemas do DF. São sessões de cinema, toda semana, voltadas especialmente para mães (ou pais ou avós) levarem seus bebês de até 18 meses. Nas sessões, o ambiente é preparado para a proteção do bebê, como o baixo volume e a baixa intensidade do ar condicionado, e para o conforto da mãe, pois até os trocadores de fralda são levados para dentro da sala. Após o filme também há espaço para debate. No DF, o projeto está nos malls ParkShopping, Boulevard Shopping, Shopping Iguatemi e Taguatinga Shopping. A programação você pode conferir no site www.cinematerna.org.br.

» Música que acalma

» A banca de revistas da quadra 208 Sul abriga, todo sábado pela manhã, o projeto Copacabanca, em que há apresentação de um grupo de choro das 9h às 12h30. O evento tem atraído gente de todas as idades e os pequeninos também tem comparecido. A jornalista Fabiane Schmidt e o escritor Rogério Vaquero costumam levar o filho, Athos Schmidt Vaquero, de 7 meses. “Trazemos o Athos desde que ele tinha 2 meses e rapidamente percebemos o quanto essa música o acalma”, conta a mãe, que passou a incluir o estilo na trilha sonora do filho em casa desde então.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade