Publicidade

Estado de Minas

Netflix anuncia novas séries e estreia da segunda temporada de Demolidor

A segunda temporada do herói será lançada em 18 de março e outras duas autorais devem compor o catálogo ainda neste ano


postado em 07/01/2016 13:50 / atualizado em 07/01/2016 13:55

(foto: divulgação/netflix)
(foto: divulgação/netflix)

 

A Netflix anunciou nesta quinta-feira (7/1) a data de estreia mundial da segunda temporada de Demolidor (Daredevil): 18 de março de 2016, às 0h01, horário da costa oeste dos Estados Unidos - 4h01 no horário de Brasília. O anúncio foi publicado na conta oficial da série.

 

A segunda temporada estreia na sequência do lançamento da série original Jessica Jones e prepara o terreno dos futuros lançamentos Luke Cage e Punho de Ferro. Os quatro personagens se reúnem em Os Defensores. Repleta de ação e drama, a nova temporada de Demolidor terá treze episódios de uma hora de duração cada.

 

Pôster do Demolidor, série da Netflix(foto: divulgação/netflix)
Pôster do Demolidor, série da Netflix (foto: divulgação/netflix)
 

 

Duas novas séries originais da Netflix devem chegar ainda neste ano

 

The crown 

Nos 10 episódios de The crown, o roteirista Peter Morgan tece a história da rainha Elizabeth II, uma jovem de 25 anos que ascende ao trono do império britânico no momento em que a política mundial está em desordem. Em meio a intrigas pessoais, romances e rivalidades políticas que se escondem por trás dos grandes acontecimentos da segunda metade do século 20, os primeiros anos do reinado marcam o início de uma nova era.

 

 

The get down 

Em um período mais recente da história e do outro lado do Oceano Atlântico, The get down é o drama musical, criado por Baz Luhrmann, que conta a vida de um grupo de adolescentes negros que acenderam a cena cultural de Nova York no fim dos anos 1970. Decadente e violenta, a grande capital econômica dos Estados Unidos relega os moradores do South Bronx a uma vida amarga e desesperançosa. Munidos de criatividade e do desejo de mudar a vida, estes garotos começam a fazer rimas e passos de dança para músicas de hip-hop, disco e punk afim movimentar o dia a dia do bairro. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade