Publicidade

Estado de Minas

Ator Rodrigo Sant'Anna fala ao Correio sobre filme "Um suburbano sortudo"

Ao custo de R$ 6 milhões, a comédia leva a assinatura do diretor fadado ao sucesso Roberto Santucci


postado em 05/02/2016 16:56



"Quando interpreto, sigo o roteiro. Não tenho a preocupação de agradar ao grupo x ou y. Sou fiel ao que há de humano na figura interpretada", observa o ator Rodrigo Sant´Anna, ao falar dos tipos populares aos quais dá vida, como é o caso do camelô Denílson, protagonista do longa Um suburbano sortudo, prestes a entrar no circuito comercial.

Ao custo de R$ 6 milhões, a comédia leva a assinatura do diretor fadado ao sucesso Roberto Santucci. No longa, Rodrigo interpreta um ambulante rejeitado que, sem saber, é herdeiro de enorme fortuna. Candidato ao rastro de êxito de colegas como Ingrid Guimarães e Leandro Hassum, Sant´Anna aprovou plenamente o método de direção adotada pelo mesmo cineasta de fitas como De pernas pro ar, Loucas para casar e Até que a sorte nos separe.

"Busco a sutileza do personagem e a maneira que encontro é sendo verdadeiro. Claro que também entra também a questão da emoção", explica o antigo astro dos quadros de subúrbio do antigo televisivo Zorra. O novo longa estará nas telas, no próximo dia 11, em mais de 500 salas. Adotando o tom de crônica bem-humorada, Santucci dá muita liberdade para os atores parceiros. "Só não gosto de perceber o emprego de piada 'do mau'”, ressalva. No elenco do filme estão atores como Carol Castro e do humorista local Victor Leal. Ao Correio, o ator enumerou as qualidades que o aproximam do público.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade