Publicidade

Estado de Minas

Cinco mil pessoas acompanham noite de homenagens a Tom Jobim

No palco, João Bosco, Joyce e Toquinho reverenciaram o maestro soberano ao revisitar clássicos de sua obra


postado em 19/03/2016 21:48

(foto: Rayan Ribeiro/Divulgação)
(foto: Rayan Ribeiro/Divulgação)


Duas mil e seiscentas pessoas se deleitaram no começo da noite deste sábado (19/3) ao assistir a primeira sessão do espetáculo "Uma homenagem a Tom Jobim", no auditório master do centro de convenções Ulisses Guimarães. No palco, João Bosco, Joyce e Toquinho reverenciaram o maestro soberano ao revisitar clássicos de sua obra em três momentos, solo de voz e violão.

João abriu o show cantando "Lígia" e seguiu com "Fotografia em branco e preto", "Água de beber" (composta por Tom e Vinícius no Catetinho, antes da inauguração de Brasília), e "Águas de março". Foi quando lembrou que esta música registrada em um disco compacto, em 1972, tinha do outro lado "Agnus cei" dele e de Alvir Blanc: "Foi minha estreia na indústria fonográfica sob as bênçãos dessa água".

Antes de sair de cena, sob aplausos calorosos, João chamou ao palco a cantora e compositora Joyce, que abriu sua apresentação com "Ela é carioca", depois soltou a bela voz em "O mar", "A felicidade", "É correnteza", "Estrada de sol" e "O morro não tem vez". Ela disse que Tom Jobim foi percursor como ecologista, o primeiro a defender a mata, o índio e a natureza.

Ex-parceiro de Vinicius de Moraes, Toquinho contou que foi o poetinha que o apresentou a Tom, de quem guardou muitas recordações. Ele disse que a principal, foi da longa temporada que cumpriu com Tom, Vinicius e Miúcha, com um show memorável, no extinto Canecão, no Rio de Janeiro. Ao cantor e violonista, coube a interpretação de "Corcovado", "Esse seu olhar", "Eu sei que vou te amar", e "Garota de Ipanema". Durante as apresentações, no telão, eram projetadas imagens que remetiam ao Rio de Janeiro de muitas belezas, como a praia de Ipanema, o Cristo Redentor, o mar, o jardim botânico e a mata atlântica.

O encerramento foi com "Chega de saudade", com direito a coro da plateia. Logo depois, teve início a segunda sessão, para a qual foram vendidos antecipadamente 2,8 mil ingressos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade