Publicidade

Estado de Minas

Paolla Oliveira grava filme em Brasília

Baseado em livro de Guilherme Fiuza, o longa '3000 dias no bunker' narra a criação Plano Real a partir da trajetória do economista Gustavo Franco


postado em 31/03/2016 14:02 / atualizado em 31/03/2016 14:48

(foto: Ed Alves/-CB/DA Press)
(foto: Ed Alves/-CB/DA Press)
 

Dirigido por Rodrigo Bittencourt e co-produção da Globo Filmes, o longa 3000 dias no bunker começou a ser gravado em Brasília nesta quinta (31/3). O filme, baseado no livro de Guilherme Fiuza, conta a história da formulação do Plano Real e é protagonizado pelo economista Gustavo Franco (interpretado por Emílio Orciollo Neto). "Estamos fazendo uma ficção a partir de um momento importante da história brasileira e da trajetória de Gustavo Franco", conta o diretor.

A equipe permanece na capital por uma semana, segundo o produtor Ricardo Rihan. As filmagens desta manhã movimentaram a quadra 312 Sul. “Vamos gravar aqui e em São Paulo”, diz Rodrigo.

Pano de fundo para a história, a cidade não poderia ficar de fora das gravações, segundo o produtor. Além disso, características da arquitetura brasiliense influenciaram também a estética escolhida para o longa.

No elenco estão Emilio Orciollo Neto como Gustavo Franco, Paola Oliveira interpretando uma namorada ficcional do protagonista, Bemvindo Sequeira como o presidente Itamar Franco e Tato Gabus Mendes como o economista Pedro Malan.

Segundo o produtor Ricardo Rihan, ainda não há previsão de quando o filme será lançado. “No momento, estamos preocupados apenas em fazer um bom filme”, afirma.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade