Publicidade

Estado de Minas

Cia Circênicos comemora 10 anos com programação na Torre de TV

Entre as participações especiais estão artistas que já trabalharam com o grupo como Atawalpa Coello e Rafael Trevo


postado em 10/04/2016 07:32

Cia. Circênicos comemora 10 anos de carreira com apresentação gratuita na Torre de TV(foto: Ivone Lopes/Divulgação)
Cia. Circênicos comemora 10 anos de carreira com apresentação gratuita na Torre de TV (foto: Ivone Lopes/Divulgação)

Uma brincadeira infantil entre os primos Dan e Gabriel Marques e a vontade de assinar um projeto com linguagem própria se transformaram em uma companhia circense consolidada na cidade. A Cia. Circênicos completa neste mês 10 anos de histórias tendo como palco principal a Torre de TV no espetáculo Circênicos varietê, que promete a fusão de elementos teatrais — a exemplo da linguagem corporal — com atrações circenses de equilíbrio, mágica, ilusionismo e malabarismo hoje, a partir das 17h. “A vontade de criar e fazer arte além de usar a criatividade nos levou a locais inimagináveis. O espetáculo foi pensado para unir nossa história a novidades que preparamos ao público”, ressalta Gabriel Marques, um dos fundadores do grupo.

Entre as participações especiais estão artistas que já trabalharam com o grupo como Atawalpa Coello, peruano radicado em Brasília à frente da companhia Circo Rebote; e Rafael Trevo, palhaço paulistano da Companhia da Sorte. A proposta da participação dos dois artistas é complementar o espetáculo da companhia com a utilização de linguagem textual, elemento pouco explorado pelos Circênicos.

“Grande parte da comunicação de nossos espetáculos segue os moldes do circo tradicional. É onde a mímica por meio da linguagem corporal entra em cena”, ressalta Gabriel Marques. Outro elemento bastante utilizado pelo grupo dedicado ao circo está em seu formato: o de um espetáculo de variedades, que segue a influência das primeiras manifestações circenses registradas na China.

O trabalho autoral em todos os elementos que envolvem o espetáculo é uma das principais marcas da companhia, atualmente formada pela família Marques, constituída por Dan, Gabriel, Caco e Arthur e o ator Filipe Duque. A parte visual do grupo também se transformou em uma identidade nos 10 anos de trabalho da Cia Circênicos. Os figurinos, a elaboração dos efeitos de mágica, a criação de adereços, a cenografia e os objetos cênicos transformam a caminhonete Fargo, fabricada em 1954 (época de grandes mutações no circo marcadas pela fusão com outras linguagens artísticas), em um verdadeiro circo itinerante.

Espetáculo Circenses Varietê – 10 anos da Cia Circênicos

Hoje, a partir das 17h, no mezanino da Torre de TV. Entrada franca. Informações: 8176-4888

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade