Publicidade

Correio Braziliense

Liam Gallagher avalia retorno aos estúdios após Oasis

Músico britânico deu pistas de retomada da carreira no Twitter, palco de diversas discussões com o irmão Noel nos últimos anos


postado em 20/05/2016 10:52 / atualizado em 20/05/2016 11:43

(foto: Reprodução da internet)
(foto: Reprodução da internet)
 

 

Passados dois anos desde a última gravação em estúdio, o músico britânico Liam Gallagher parece estar pronto para voltar a gravar. Nesse intervalo, segundo publicação do The Sun, ele teria maturado a ideia de um novo projeto solo, enquanto acalentava esperanças de que o irmão Noel Gallagher concordasse com uma reunião da dupla e retomada do Oasis.

“O astro percebeu que seria melhor começar a criar músicas por conta própria, em vez de perturbar seu irmão no Twitter”, brinca a publicação. O The Sun menciona, ainda, que dinheiro extra viria bem a calhar diante das contas a pagar, e que os amigos de Liam estariam satisfeitos por ele estar criando algo próprio, agora que desistiu de encorajar o retorno do Oasis.


No Twitter, sua rede social mais movimentada, Liam indicou uma provável movimentação na carreira. “Muitas coisas emocionantes acontecendo. Hora de voltar à ativa”, publicou. Liam estava em limbo produtivo desde 2014, quando anunciou o fim do Beady Eye, grupo formado por antigos companheiros do Oasis, cujas últimas apresentações ocorreram em março daquele ano.

Entre a crítica especializada, já se ventila a disputa de público - ou, ainda, a possível, mas improvável parceria - entre o projeto solo de Liam e o de seu irmão Noel. Este último comanda, desde 2010, o Noel Gallagher's High Flying Birds - que lançou disco homônimo em 2011 e Chasing yesterday, o segundo álbum da banda, no ano passado.

No segundo semestre deste ano, o filme Supersonic, dedicado à trajetória do Oasis, chega aos cinemas europeus. No Twitter, Liam alfinetou o ex-companheiro de banda na semana passada: "Te vejo na estreia, seu bosta."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade