Publicidade

Correio Braziliense

Kim Kardashian divulga conversa entre Kanye e Taylor Swift sobre 'Famous'

A socialite afirma que a cantora sabia desde o início sobre a letra da música, e que havia elogiado a postura do rapper por telefone


postado em 18/07/2016 11:00 / atualizado em 18/07/2016 11:24

(foto: AFP / ADRIAN SANCHEZ-GONZALEZ )
(foto: AFP / ADRIAN SANCHEZ-GONZALEZ )
 

 

No último domingo (17/7), a socialite Kim Kardashian divulgou em seu perfil no Snapchat vídeos de uma conversa em que seu marido Kanye West teve com a cantora norte-americana Taylor Swift. A intenção de Kim era provar que Taylor sabia desde o início sobre a essência contida na letra da música Famous, uma parceria com Rihanna e Swizz Beats.

Na ligação, o rapper fala para a cantora, antes do lançamento da música, que estava escrevendo uma nova música com os seguinte verso: "Eu sinto como se eu e Taylor ainda pudéssemos fazer sexo", e cantora respondeu que "seria um elogio". Porém, West não menciou o sequência em que dizia: "Porque eu fiz aquela vadia ficar famosa". Assim que a música foi divulgada, a cantora disse ter ficado chocada tanto com a letra quanto com as imagens explícitas contidas no vídeo Famous.

Assim que as gravações foram reveladas, Taylor Swift afirmou que teria conversado com Kanye West por telefone, entretanto, não teria concedido aprovação para chamá-la de "aquela vadia". Em sua página no Instagram, ela também afirma que na gravação fica nítido que ela não cedeu autorização para que ele pudesse chamá-la de "bitch".

 

(foto: Instagram/Reprodução)
(foto: Instagram/Reprodução)
 

 

"Onde está o vídeo do Kanye me falando que ele iria me chamar de 'aquela vadia' (that bitch) na música dele? Ele não existe, porque isso nunca aconteceu. Você não consegue controlar a resposta emocional de alguém ao ser chamada de 'aquela vadia' na frente de todo mundo. Claro que eu queria gostar da música. Eu queria acreditar em Kanye quando ele me falou que eu iria amar a música. Eu queria que nós tivéssemos uma relação amigável. Ele prometeu tocar a música para mim, mas ele nunca fez isso. Eu queria ser solidária ao Kanye no telefonema, você não pode 'aprovar' uma música que você não ouviu. Ser falsamente pintada como mentirosa, sendo que nunca soube da história inteira ou ouvi qualquer trecho da música, é assassinato de reputação. Eu gostaria muito de ser excluída dessa narrativa, algo de que nunca pedi para fazer parte, desde 2009".

Assista ao vídeo polêmico

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade