Publicidade

Correio Braziliense

MID tem exibição de dois espetáculos com bailarinos deficientes

Em sintonia com políticas de inclusão, as montagens de 'Proibido elefantes' e 'Similitudo' estarão na programação do festival de dança


postado em 19/10/2016 10:20 / atualizado em 19/10/2016 11:11

O espetáculo 'Proibido para elefantes' trará uma reflexão acerca da capacidade do sujeito frente à adversidade(foto: Brunno Martins/Divulgação)
O espetáculo 'Proibido para elefantes' trará uma reflexão acerca da capacidade do sujeito frente à adversidade (foto: Brunno Martins/Divulgação)
 
A segunda edição do MID (Movimento Internacional de Dança) incluirá na programação dois espetáculos com o elenco formado por bailarinos deficientes físicos. A primeira apresentação será Proibido para elefantes e a segunda Similuto.
 
Proibido para elefantes trará uma metáfora por meio da restrição do acesso dos elefantes. O objetivo é mostrar para a plateia que não se deve olhar apenas para as limitações e impedimentos. Similuto, por sua vez, fará uma denúncia aos padrões de movimento e relacionamento que a sociedade impõe no convívio cotidiano.
 
Confira os teasers

Proibido para elefantes 
 
 
Similuto
 
 
Serviço 
Proibido para elefantes
Centro Cultural Banco do Brasil (Sces). Nesta quarta-feira (19/10), às 21h. Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos. 
 
Similuto 
SESC de Taguatinga. Sexta (21) e sábado (22), sempre às 20h. Ingressos R$ 5 (meia-entrada). Classificação indicativa livre. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade