Publicidade

Correio Braziliense

Confira curiosidades sobre Game of thrones reveladas na Comic Con

Em painel com storyborder e supervisor de efeitos visuais da série foram compartilhadas com o público informações de bastidores


postado em 02/12/2016 09:25 / atualizado em 02/12/2016 09:40

(foto: HBO/Divulgação)
(foto: HBO/Divulgação)

São Paulo - Sucesso de audiência, Game of thrones é uma das produções mais caras da atualidade, com episódios que chegam a custar US $ 6 milhões. O motivo é que, ao ser uma fantasia épica, a série precisa de efeitos especiais para criar criaturas como dragões e os White Walkers (conhecidos no Brasil como Caminhantes Brancos).

Durante a Comic Con Experience, em São Paulo, o storyborder William Simpson e o supervisor de efeitos visuas Sven Martin revelaram informações dos bastidores da superprodução da HBO. Confira abaixo algumas curiosidades.

> William Simpson foi convidado a fazer o storyboard de Game of thrones antes mesmo de saber que seria para a produção. Ele conta que pediram para ele desenhar gigantes, dragões e outras criaturas até revelarem de fato o que era a série.

> No início, a série era uma produção pequena, então o serviço de fazer os quadrinhos das cenas era uma forma de tentar ver onde era possível economizar. "Hoje quando vejo a primeira temporada parece algo tão velho. Porque a série se tornou algo tão grande", analisa William Simpson.

> Apesar de a sexta temporada ter terminado com uma frota imensa de barcos seguindo para Westeros, Simpson diz que a produção tem apenas dois. O resto é produzido com efeitos especiais.

> Boa parte das cenas conta com efeitos especiais. Mesmo gravando em locações reais, cabe a equipe aumentar castelos, crescer o número de pessoas, clarear ou sombrear uma área...

> A maior guerra já exibida em Game of thrones foi A batalha dos bastardos na sexta temporada. O fato curioso é que foi feito sem ajuda de uma storyboard.

> Desde a primeira temporada, a produção de Game of thrones fala com William sobre lançar as storyboards, por conta da perfeição de detalhes. Mas ele diz que é difícil fazer os quadrinhos já que a trama tem uma versão em livro, com os direitos autorais reservados a George R.R. Martin, criador da saga As crônicas de gelo e fogo.

> Em relação aos dragões, Sven Martin explica que a criação de Drogon, Viserion e Rhaegal, foi um processo rico em detalhes, com análise do esqueleto de aves, referências de dinossauros e texturas de anfíbios e répteis.

> Sven Martin chegou a levar uma galinha para a equipe de efeitos especiais para entender os movimentos das asas, que seriam replicadas nos dragões.

> Clássica cena de Jurassic Park serviu de inspiração para as feições de agressividade dos dragões.

> A cada temporada os dragões crescem e ganham novas expressões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade