Publicidade

Correio Braziliense

O cinema brasileiro voltou ao Festival de Sundance

A mostra que premiou Camila Márdila e Regina Casé como melhor atriz, terá na competição o filme 'Não devore meu coração', de Felipe Bragança


postado em 16/01/2017 11:40 / atualizado em 17/01/2017 15:16

Cena do filme: 'Não devore meu coração'(foto: Globo filmes/Divulgação)
Cena do filme: 'Não devore meu coração' (foto: Globo filmes/Divulgação)

Em 19 de janeiro, começa em Park City, Utah, o maior e mais importante festival de cinema independente do mundo: o Festival de Sundance. Além de revelar grandes talentos do cinema mundial, como Tarantino, Wes Anderson e Demian Chazele – diretor do provável vencedor do Oscar 2017, La La land: Cantando estações, Sundance tornou-se celeiro de concorrentes ao Oscar: Pequena Miss Sunshine, Preciosa, Inverno da alma, Brooklin, Whiplash e Manchester à beira-mar são alguns exemplos recentes. Sundance também revelou para o mundo filmes de sucesso comercial, como Bruxa de Blair, Jogos mortais, A Bruxa, Capitão Fantástico, Amnésia, Cães de aluguel e Donnie Darko.

Em 2017, o Brasil voltará a concorrer na mostra de dramas estrangeiros, com Não devore meu coração, primeiro trabalho de direção de longa metragem de Felipe Bragança, roteirista de filmes como Praia do futuro. A última vez que o Brasil esteve representado foi no Festival de 2015, quando Que horas ela volta, de Ana Muylaert, recebeu o prêmio compartilhado de melhor atriz para Camila Márdila e Regina Casé.

Não devore meu coração terá sua estreia mundial em 22 de janeiro, às 22h30 min (horário de Brasília). O Correio Braziliense fará a cobertura exclusiva no Conexão Sundance, com o blog Razão de Aspecto, o site Cinemação e os canais Cine Drive OutPós-Créditos e Conacine!
 
*Maurício Costa é colunista do blog Razão de Aspecto (razaodeaspecto.blogspot.com.br).
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade