Publicidade

Correio Braziliense

Festival de Sundance começa hoje com o debate político em alta

A sessão de abertura contará com a presença de Al Gore, candidato à presidência dos EUA nas eleições de 2000


postado em 19/01/2017 12:00 / atualizado em 19/01/2017 15:01

An inconvenient sequel é um documentário que será lançado no festival(foto: Reprodução/Internet)
An inconvenient sequel é um documentário que será lançado no festival (foto: Reprodução/Internet)
 
Utah (EUA) — A 33ª edição do Festival de Sundance coincide com a posse do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Não à toa, o filme de abertura do festival é An inconvenient sequel (Uma sequência inconveniente, em tradução livre), documentário que dá continuidade a Uma verdade inconveniente, de 2006. O tema do aquecimento global confronta diretamente a visão de mundo do novo presidente e terá destaque na edição de 2017, com 14 filmes.

A sessão de abertura contará com a presença de Al Gore, candidato derrotado por George Bush nas eleições do ano 2000 e estrela dos dois documentários. Como é comum no festival, a sessão deverá se tornar um grande ato politico sobre uma tema que divide a sociedade estadunidense. Em 2016, o documentário Under the gun, sobre o controle de armas nos EUA, cumpriu o papel de incitar o debate politico no festival, em uma sessão emocionante.

A política não se resumirá ao aquecimento global. O festival incluiu na programação, na última semana, o documentário Trumped, sobre a vitória republicana nas eleições de 2016. São esperadas manifestações do público e da classe artística sobre o tema, algo semelhante ao que ocorreu no nosso Festival de Brasília 2016. O exemplo de Meryl Streep no Globo de Ouro terá repercussões em Sundance.

O Conexão Sundance estará presente em todas essas sessões e vai fazer cobertura exclusiva, direto de Park City, no Razão de Aspecto e no Correio Braziliense
 
(foto: Conexão Sundance)
(foto: Conexão Sundance)
 
*Maurício Costa é colunista do blog Razão de Aspecto (razaodeaspecto.blogspot.com.br)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade