Publicidade

Correio Braziliense

De filme do Oscar a longa sobre cachorro: confira as estreias da semana

Até o último homem ao polêmico e emocionante Quatro vidas de um cachorro estão entre os longas que estarão nos cinemas


postado em 26/01/2017 07:33 / atualizado em 26/01/2017 09:24

Um festival de personagens e propostas cinematográficas diversificadas invade o circuito comercial a partir de hoje. Se já esteve à frente de sucessos como Marley & eu e O diabo veste Prada, o diretor David Frankel reconduz o astro Will Smith ao brilho, com o longa Beleza oculta, que aborda temas ligados à natureza humana, de profunda reflexão. Na mesma pegada, mas detido na vida de um cão, Quatro vidas de um cachorro promete diversão para aqueles que adoram dramas de cinema com animais.

Com espaço para fitas ancoradas em êxitos anteriores (nas mais diversas mídias), Resident evil 6: O capítulo final e Max Steel têm chances de agradar aos fãs. Noutra onda, o circuito traz filmes de alternativos, entre os quais O ignorante, além de acolher o drama de guerra Até o último homem, criado por Mel Gibson, cotado para seis categorias do Oscar 2017. 


(foto: Universal/Divulgação)
(foto: Universal/Divulgação)

Até o último homem
 

Uma década depois de ter dividido opiniões, na direção do longa-metragem Apocalypto, Mel Gibson volta a agradar a Academia de Hollywood, com um filme baseado na vida real que ressalta feitos médicos, durante a Segunda Guerra Mundial. Desmond T. Doss, morto em 2006, inspirou o diretor de Coração valente (Oscar de melhor filme, em 1995) a falar sobre guerra, realçando trabalho humanitário, por trás das frentes de batalha. Candidata ao Oscar de melhor filme, a fita tem Andrew Garfield (também indicado à estatueta) como protagonista.

 


(foto: Warner Bros./Divulgação)
(foto: Warner Bros./Divulgação)

Quatro vidas de um cachorro 
Bee Gees, a-ha, Carlos Santana, tudo junto, numa mesma trilha sonora já entrega o tom de miscelânea incorporada ao drama estrelado por Dennis Quaid e por Josh Gad — este último, novamente, fora de cena, mas apenas uma voz em Quatro vidas de um cachorro (a exemplo de como atuou em Frozen: uma aventura congelante e Angry birds). Dirigido pelo sueco Lasse Hallström, o longa adapta êxito literário de W. Bruce Cameron que explora cinco décadas de reencarnação canina de um cachorro que ensina e aprende com os humanos e com o parceiro espiritual dele, Ethan.

 


(foto: Paris Filmes/Divulgação)
(foto: Paris Filmes/Divulgação)

Beleza oculta 
Depois de aparecer no fracassado Esquadrão suicida, o astro Will Smith busca a reabilitação em outra aventura, mas agora numa fita dirigida por David Frankel. Tratadas como entidades, no roteiro de Allan Loeb (de Wall Street: O dinheiro nunca dorme), morte, amor e tempo passam a ser questionadas, por meio de escritos do protagonista, com fortes dores emocionais. O elenco promete, com destaque para Keira Knightley, Naomie Harris (Moonlight), Helen Mirren, Edward Norton e Kate Winslet.


A bailarina
Brilhar numa produção do gênero Grand Ópera, reconhecido pelo padrão de qualidade monumental, torna-se um desejo da pequena aspirante a dançarina Felicie, na trama da animação dirigida por Eric Sommer e Éric Warin. Dublada, na versão nacional, pela atriz Mel Maia (das novelas Avenida Brasil e Joia rara), Felicie passa dos limites, na intenção de ser consagrada: no século 19, foge rumo a Paris e adota outra identidade. Seguem-se inúmeras aventuras.



Resident evil 6: O capítulo final 
Logo após o lançamento do sétimo jogo, na última terça-feira, e passada lacuna de mais de quatro anos nos cinemas, a famosa franquia de videogame volta às telas (nas quais, nos EUA, somou renda de US$ 243 milhões) com o sexto filme. A história é iniciada imediatamente após os eventos em que Alice (Mila Jovovich) sobrevive ao massacre zumbi. Agora, a personagem deve voltar para Raccoon City e enfrentar a Umbrella Corporation.

 

 

(foto: Califórnia Filmes/Divulgação)
(foto: Califórnia Filmes/Divulgação)


O ídolo 
Conta a trajetória do palestino Mohammed Assaf, vencedor do Arab Idol 2013. Passando por sua infância difícil na região de Gaza, a trama alcança até o sucesso musical no Egito. Durante o programa, o cantor se torna representante dos palestinos perante o mundo e levanta discussões sobre o cotidiano e a luta social naquela região. O longa foi indicado a dois prêmios no Festival de Roterdã de 2016.

 

 

(foto: Imagem Filmes/Divulgação)
(foto: Imagem Filmes/Divulgação)


Max Steel 
Dos bonecos de ação para os cinemas: a franquia Max Steel chega às telas, com um orçamento estimado em U$ 10 milhões e personagens vividos por atores de carne e osso, caso do protagonista Ben Winchell. O longa-metragem acompanha as aventuras de Max McGrath e o extraterrestre Steel, que juntos unem poderes para lutar contra forças alienígenas. O herói criado pela Mattel faz parte de um grande universo, com desenho animado, história em quadrinhos, jogos e filmes em animação.



Mistério na Costa Chanel 
A família Van Peteguem vive bem em uma enorme casa na pequena cidade de Pas-de-Calais, ao norte da França, no início do século XX. O conflito começa quando Auda se apaixona por Ma Loute, o filho de um pescador local. Dirigido por Bruno Dumont, o filme foi indicado à Palma de Ouro e ganhou o prêmio de melhor trilha sonora, no Festival de Cannes.



O ignorante 
Veterano, aos 86 anos o diretor francês Paul Vecchiali também é protagonista dessa história de amor e reencontros. Neste novo filme  dele, interpreta Randolphe, um senhor que procura incessantemente seu primeiro amor, Marguerite, interpretado por Catherine Deneuve. O longa foi indicado ao Queer Palm no festival de Cannes no ano  passado, premiação dada ao  elhor filme com temática LGBT.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade