Publicidade

Correio Braziliense

Vida em 10 cidades do DF ganha narrativa em livro e exposição

Projeto da antropóloga Luisa Molina será lançado nesta segunda (30/10) no Metrô


postado em 30/10/2017 14:39 / atualizado em 30/10/2017 14:56

A pele das cidades contou com uma equipe que incluiu grafiteiros, fotógrafo e antropólogos(foto: Rinaldo Morelli)
A pele das cidades contou com uma equipe que incluiu grafiteiros, fotógrafo e antropólogos (foto: Rinaldo Morelli)


A antropóloga e pesquisadora Luisa Molina queria captar a percepção dos moradores das cidades do Distrito Federal (DF) sobre a região. Montou uma equipe formada pelas antropólogas Mariana Cruz e Verônica Kaezer, pelo jornalista Fernando Molina, pelo fotógrafo Rinaldo Morelli, pela artista Usha Velasco, pelos grafiteiros Guga Baygon e Miguel Oliveira e pelo também antropólogo José Jorge de Carvalho para tocar o projeto A pele das cidades. O resultado pode ser visto a partir desta segunda (30/10) na mostra de mesmo nome que será inaugurada às 19h na estação Galeria do Metrô do DF.

 

 


 

Com recursos de um edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), a equipe percorreu 10 cidades e entrevistou 50 pessoas antes de escolher um ou dois personagem de cada local. A partir das entrevistas, Luísa montou o texto para o livro A pele das cidades, que será lançado nesta segunda. No livro, entraram também as fotografias dos personagens e das cidades, feitas por Rinaldo Morelli, além dos grafites realizados pelos artistas a partir da experiência dos entrevistados. O conjunto compõe a exposição. “A proposta era pegar a trajetória de vida e o trânsito dessas pessoas pelo Distrito Federal para apreender as percepções e os sentidos que elas dão para as cidades”, explica Luisa. “E fizemos um cruzamento de olhares.” O texto, ela explica, é autoral, não se propõe a ser etnográfico e nasceu da experiência de campo durante as entrevistas.


A pele das cidades – Exposição e lançamento de livro

Abertura nesta segunda (30/10), às 19h, na estação Galeria do Metrô (Setor Comercial Sul)

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade