Publicidade

Correio Braziliense

MP investiga É o Tchan por placas em sanitários: 'Inocentes e ordinárias'

Inscrições foram colocadas nas portas do banheiro do evento Ensaio da banda É o Tchan, que ocorre em Salvador


postado em 09/11/2017 15:40 / atualizado em 09/11/2017 15:56

(foto: Junior Rocha/Divulgação )
(foto: Junior Rocha/Divulgação )

 
Um evento do grupo de axé É o Tchan será investigado pelo Ministério Público da Bahia. A promotora Lívia Vaz abriu um inquérito nesta quinta-feira (9/11) para analisar sinalizações feitas pela produção da banda nos banheiros da festa Ensaio do É o Tchan, em Salvador. Na porta do sanitário feminino estava escrito "Ordinárias" e, no masculino, "Inocentes". 
 
 
Segundo o MP-BA, o procedimento foi aberto depois que o órgão recebeu uma denúncia sobre o caso. Apesar de a investigação ainda não ter chegado ao fim, a promotora afirmou que já vai expedir uma recomendação extrajudicial para que o evento não faça mais inscrições desse tipo nos banheiros.  
 
Ao Correio, a produção da festa informou que ainda não foi notificada sobre a representação. O evento ocorre em Salvador desde 29 de outubro e sempre recebe novos convidados. A próxima edição do Ensaio do É o Tchan, até o momento, está confirmada para 19 de novembro. 
 
(foto: Sercio Freitas/Divulgação)
(foto: Sercio Freitas/Divulgação)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade