Publicidade

Correio Braziliense

Cinegrafista morre durante gravações de seriado da Netflix na África

O britâncio Mark Milsome de 54 anos morreu durante as gravações de The forgiving Earth, coprodução da Netflix com a BBC


postado em 21/11/2017 10:04 / atualizado em 21/11/2017 10:55

Ainda não se tem detalhes sobre as causa da morte de Mark Milsome(foto: Imdb/Reprodução)
Ainda não se tem detalhes sobre as causa da morte de Mark Milsome (foto: Imdb/Reprodução)

O experiente operador de câmera Mark Milsome, de 54 anos, morreu durante a gravação de cenas de The forgiving Earth, coprodução da Netflix e da BBC, filmada na África. Ele faleceu quando gravava uma cena com carros, informou a revista Variety, em Gana. Ainda não são conhecidos detalhes sobre as circunstâncias. A série teve as gravações suspensas por tempo indeterminada depois do falecimento do integrante da equipe de filmagem.

 

"Nós estamos profundamente chocados e tristes em ouvir essas notícias trágicas. Mark Milsome era muito talentoso e muito respeitado entre os colegas. Nossos pensamentos estão com a família dele e com os amigos neste momento de dificuldade", afirmou um porta-voz da BBC. A morte do profissional também mereceu condolências do sindicato ligado à categoria. "Estamos devastados pela notícia trágica. Ele era não apenas um talentoso operador de câmera, mas uma pessoa doce e meiga. Fará falta", afirmou representante do The Guild of British Camera Technicians.

 

O cinegrafista tinha vasta experiência em produções cinematográficas e televisivas, como O resgate do Soldado Ryan, Game of thrones (HBO) e Sherlock (BBC One). "Estou profundamente triste em saber da sua morte. Ele era carinhoso, talentoso e cavalheiro. Tive sorte em trabalhar com ele muitas vezes", escreveu o ator e roteirista do seriado inglês Mark Gatiss. 

 

A produção na qual trabalhava Mark Milsome, ainda sem nome em português, aborda crimes de guerra e relações contemporâneas do Ocidente com países africanos. A direção do seriado é assinada por Hugo Blick, indicado três vezes ao Emmy pela minissérie The Honourable Woman (2014), com Maggie Gyllenhaal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade