Publicidade

Correio Braziliense

Ique Carvalho lança o livro Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca

Outras obras da temática chegam às livrarias: Notas de liberdade, de Frederico Elboni, e #Manual do amor próprio, de Mica Rocha


postado em 25/11/2017 07:32

(foto: Editora Sextante/Divulgação)
(foto: Editora Sextante/Divulgação)

Embora muitos não acreditem no amor, outros ainda o consideram o sentimento mais puro que se pode sentir. E foi isso que o escritor Ique Carvalho aprendeu com o pai: “É o que ele passou para mim. Ele transformou o momento mais difícil da vida dele em um recomeço e deixou o amor prevalecer”, conta o autor do recém-lançado Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca.

O livro de autoria de Ique Carvalho foi escrito com a ajuda de seu pai, Juarez Carvalho, que foi diagnosticado em 2013 com uma doença degenerativa e morreu em 2015. O escritor e publicitário de 37 anos é daqueles que acredita que o amor torna a vida mais leve e é também autor de Faça amor, não faça jogo e responsável pelo blog The love code, onde começou as postagens dos textos escritos junto ao pai.



“Quando a doença dele começou a evoluir, ele só conseguia se comunicar pelo computador, e comecei a responder escrevendo também. Quando me dei conta, a conversava virava um texto e foi uma surpresa, eu não sabia que meu pai escrevia tão romantizado”, conta. Ele explica que, antes de terminar o livro, o pai demorava horas para escrever algo simples, até que não conseguia mais e passou a aprovar as histórias com sorrisos e piscadelas.

O título brinca com a famosa frase de cartomantes (“Trago seu amor de volta em três dias”) e condiz exatamente com a proposta do que foi escrito. As histórias contadas por Ique Carvalho passeiam entre o amor próprio, fraternal e entre casais, com destaque para frases e situações clichês.

“Quando a pessoa lê um clichê, ela começa a questionar o porquê de o autor estar falando aquilo e pensar no que vem depois. A magia é conseguir transformar o clichê em algo que a pessoa queira sentir depois”, afirma o escritor. Ele conta que as histórias são pedaços de tudo, desde coisas que ouviu de amigos até mensagens de leitores. ”

Mas Ique Carvalho também retrata o amor com o quê de ingenuidade da infância. “A essência é justamente essa. Tenho leitores que estão começando a descobrir os sentimentos pelo outro, não só o amor, mas a amizade, a relação com os pais.  Porque hoje é tudo muita correria, egoísmo, competição, não está legal.”

Em todas as formas de amor


Para quem quer leituras que tornem os dias mais leves, outros dois lançamentos aparecem como boas opções. O #Manual do amor-próprio traz a história da autora Mica Rocha, que também escreveu Manual da fossa, e discute bullying, relacionamentos abusivos, insatisfações profissionais e outros problemas que assombram pessoas com baixa autoestima.

Para quem busca inspirações para se livrar das amarras, Frederico Elboni lança Notas de liberdade. “São três mulheres diferentes e cada uma busca liberdade em um âmbito. Uma busca liberdade emocional, outra num relacionamento abusivo e a última no trabalho”, conta Frederico, que também é autor de Só a gente sabe o que sente e Um sorriso ou dois.

Estagiária sob supervisão de Igor Silveira

Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca

De Ique Carvalho. Editora Sextante. 240 páginas. A partir de R$ 19,90.

Notas de liberdade
De Frederico Elboni. Editora Benvirá. 232 páginas. A partir de R$ 22,40.

#Manual do amor próprio
De Mica Rocha. Editora Benvirá. 184 páginas. A partir de R$ 19,90.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade