Publicidade

Correio Braziliense

Gagliasso registra queixa contra socialite que chamou Titi de 'macaca'

Giovanna Ewbank havia prometido tomar providencias legais depois de a socialite Day McCarthy ter postado vídeo chamando a filha do casal de "macaca"


postado em 27/11/2017 12:04 / atualizado em 27/11/2017 12:50

Giaovanna, Bruno e Titi: família já foi alvo de ataques racistas antes(foto: Instagram/Reprodução)
Giaovanna, Bruno e Titi: família já foi alvo de ataques racistas antes (foto: Instagram/Reprodução)

 
O ator Bruno Gagliasso compareceu, na manhã desta segunda-feira (27/11), à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele registrou queixa contra comentários racistas feitos pela socialite brasileira Day McCarthy a respeito de sua filha com a também atriz Giovanna Ewbank.

Em vídeo postado no Instagram, a socialite chama Titi, de 4 anos, de "macaca". "A menina é preta. Tem o cabelo horrível de pico de palha, tem o nariz de preto horrível e o povo fala que a menina é linda", disse Day na publicação.
 

Giovana Ewbank publicou uma resposta no domingo, utilizando a mesma rede social. "Bom domingo com amor e a pureza de uma criança. A todos que têm nos mandado mensagens sobre o acontecido, racismo é crime, e já estamos tomando as devidas providências perante a lei. Obrigada", escreveu na legenda de uma foto de Titi.
 
 
A garotinha já sofreu outras ofensas pela internet, e esta não é a primeira vez que seus pais recorrem à Justiça por conta disso. Em 2016, Bruno Galiasso prestou queixa à DRCI depois de a família ser alvo de ataques racistas, também pelo Instagram.
 
Day McCarthy, por sua vez, se intitula escritora e tem ganhado visibilidade nas redes sociais por lançar na internet textos e vídeos ofendendo celebridades. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade