Publicidade

Correio Braziliense

10 coisas que você deveria prestar atenção em 'Vai Malandra', de Anitta

O clipe de 'Vai malandra' foi divulgado hoje. A última música do projeto Check Mate traz o lado funkeira de Anitta de volta


postado em 18/12/2017 19:14 / atualizado em 18/12/2017 19:22

(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)
 
"Vai malandra, e tá louca, tu brincando com o bumbum, an, an tutudum an, an. " Esse é o refrão mais cantado desta segunda (18/12), afinal, Anitta lançou o tão esperado clipe de Vai malandra. O vídeo movimentou a internet, conquistou o primeiro lugar nos trending topics mundiais do Twitter e quebrou o YouTube, conquistando cerca de meio milhão de visualizações em menos de 20 minutos após o lançamento. 

Se você ainda não viu razões para começar a brincar com o bumbum, o Correio separou 10 motivos para que você embraze com Anitta. Vem, malandra!
 

1. Anitta está de volta ao funk,...

Depois de uma sequência que mostrou o potencial para o pop e carreira internacional, Anitta volta ao ritmo que a fez. A última faixa do projeto Check Mate é funk puro! A letra, as batidas, os figurinos, o cenário: tudo combina bem e remete ao funk carioca que conquistou os brasileiros. 

2. ... Mas não deixa de lado o hip hop norte-americano

A cantora voltou às raízes, mas nem tanto. Anitta conta com a participação do rapper Maejor, que canta partes em inglês da música e traz referências internacionais. A coreografia executada por Anitta remete a clipes de Beyoncé e completam o estilo hip hop do clipe. 

A escolha pela parte em inglês divide opiniões. Enquanto alguns estão satisfeitos com a música por inteiro, outros preferiam que fosse apenas a parte do funk em português. A controvérsia é tanta, que os fãs criaram uma versão do hit sem os trechos em inglês. E você, o que acha?
 

3. Gente como a gente 

Anitta colocou as celulites pra jogo. O clipe começa com um super close no bumbum da cantora e ela proibiu que as marcas fossem retiradas em edição, o que conquistou o coração das brasileiras. Na última quinta-feira (14/12), durante participação no programa Adnight Show, a funkeira revelou: "Fazer um clipe por mês não é difícil, difícil é ficar magra pra fazer um clipe por mês. Estavam editando um clipe ontem, tinha umas celulites, e eu disse: 'deixa a celulite aí! Vou mais me preocupar com isso, não. Assume a celulite, não precisa de nada".
 
(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)
 

4. As donas do morro

O biquíni de fita isolante causou desde as gravações de Vai malandra e promete causar mais ainda (alô, carnaval!) após o lançamento. A carioca Erika Bronze, responsável pela moda no Vidigal, é referência no bronzeamento com fita isolante no Rio de Janeiro há mais de dez anos. A profissional, que também aparece no vídeo, conta que levou clientes reais para figuração do clipe. 

 

 

 

Outro destaque entre os looks de Anitta, que incluem um maiô de oncinha e uma bota com estampa da bandeira do Brasil, é a sandália em acrílico transparente. Conhecida no Rio como sandália kiwi, ela é um sinal de status nos morros cariocas.

 

 

5. O funk daqui 

Mais que voltar ao funk, Anitta se aproximou dos hits que fazem sucesso hoje. Com a participação de MC Zaac, do hit Vai embrazando e DJ Yuri Martins, de Agora vai sentar ela traz na letra referências que estão em alta no funk carioca, como "embrazando", "rebolo gostoso" e "empino te olhando".

6. Corpos masculinos à mostra

Chegou a hora que um clipe de funk não mostra apenas corpos femininos, mas também usa e abusa dos homens. Conhecido como Justin Bieber do Vidigal, o modelo Pietro Baltazar sensualiza na banheira de plástico com o também modelo Elthon Charles e o funkeiro MC Zaac. Quem ganhou destaque com direito a close de cima para baixo foi o bartender do Bar da Laje, no Vidigal, Rodrigo Motta que se tornou modelo após o clipe. 

 

7. Na laje até sem sol

Uma observação curiosa é que em nenhum momento do clipe é possível ver o sol estilo Rio 40 ºC. Com o tempo sempre meio nublado, o clipe traz cenários de piscina de plástico e bronzeamento na laje, cenas comuns em dias de sol forte.  

 

8. Criminalização do funk

Mais que o hit do verão, Vai malandra também é protesto! A placa da moto em que Anitta aparece sentada em uma das cenas do clipe é marcada com “ANT 1256”. A numeração faz referência ao projeto de lei que visa criminalizar o funk, proposto pelo empresário Marcelo Afonso. A cantora já havia se posicionado anteriormente no Twitter sobre a criminalização do funk.  

 

 

9. No morro, com o morro 

Mototáxi, bronzeamento na laje e noite dominada pelo baile funk. A cultura das favelas cariocas é mais que presente no clipe de Vai malandra. E não para por aí: grande parte da figuração do clipe é composta pelos próprios moradores do morro do Vidigal. Em nota à imprensa, a produtora do vídeo revelou que, das 120 pessoas contratadas para a filmagem, 60 são moradores da região. 

10. Dona da internet

Vai malandra é o assunto do dia na internet. Nas redes sociais, os memes e comentários sobre o clipe dominaram as timelines. A hashtag #VaiMalandra ficou em primeiro lugar durante horas nos assuntos mais comentados — no Brasil e no mundo—  do Twitter.

 

 

 

 

 

 

Confira o clipe de Vai malandra 

 

*Estagiárias sob supervisão de Vinicius Nader 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade