Publicidade

Correio Braziliense

Guitarrista do Linkin Park fala sobre o futuro da banda

Após morte de Chester Bennington, Mike Shinoda explicou que o novo trabalho do grupo vai ser uma boa forma de lembrar o trabalho criado com o vocalista


postado em 19/12/2017 07:00 / atualizado em 19/12/2017 09:50

Holograma de Chester para futuras apresentações não irá acontecer(foto: AFP / Frederic J. BROWN)
Holograma de Chester para futuras apresentações não irá acontecer (foto: AFP / Frederic J. BROWN)


Enquanto o mundo ainda se recupera do luto após a perda do vocalista do Linkin Park Chester Bennington, Mike Shinoda – o baterista da banda – comentou um pouco sobre o futuro do grupo.

Shinoda fez uma live no Instagram para explicar que a sugestão de fazer um holograma de Chester e continuar as apresentações estavam fora de cogitação. “Eu tinha ouvido alguém sugerir isso, mas está absolutamente fora de questão. Eu não consigo fazer um holograma do Chester, isso seria muito horrível”, defendeu o guitarrista. Ele ainda completou: “Para todos vocês que já perderam alguém, já imaginou ter de lidar com um holograma deles? Horrível. Eu não consigo. Eu não sei o que vamos fazer, mas vamos descobrir eventualmente”.

Além da live no Instagram, Shinoda recentemente deu uma entrevista à revista Billboard dando maiores detalhes do novo álbum, que refletirá um momento especial com o Chester. “Vai ser uma oportunidade boa de lembrar o quanto aquelas noites [de gravação] foram especiais, e enquanto eu não descubro o que fazer do futuro para nós, esse álbum vai ser uma bonita forma de olhar para trás e lembrar o trabalho que criamos com o Chester”, disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade