Publicidade

Correio Braziliense

Novas casas de show, festas e projetos itinerantes agitam a cidade em 2018

O ano começa com novos projetos itinerantes culturais nas casas de show da cidade e espaços para eventos


postado em 04/01/2018 09:05 / atualizado em 04/01/2018 10:28

A festa Brilho eterno de uma mente boladona promete agitar Brasília(foto: Beladona/Divulgação.)
A festa Brilho eterno de uma mente boladona promete agitar Brasília (foto: Beladona/Divulgação.)
 

O ano de 2017 foi marcado pela diversidade de eventos, novos tipos de festas e casas de shows inauguradas. Espaços como TAJ Bar e Essence caíram no gosto dos candangos, eventos itinerantes como o Na Praia foram sucesso de público e prometem repetir o êxito em 2018.


“A tendência de novos projetos e produtos, trazendo artistas de fora, deve se manter e vir forte esse ano, principalmente após o carnaval”, comenta o produtor cultural e DJ Daniel Spot. Responsável pelas festas Madre, Breu e Brilho eterno de uma mente boladona, ele acredita no lema do quanto mais, melhor. “É mais interessante ter muitos eventos em vez de grandes concentrações.”


O Correio destacou algumas das novas casas de shows, projetos itinerantes e festas que prometem agitar a vida noturna de quem mora na capital.

 

Casas de shows 

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

 

Shed Western Bar (SCES – Tr.2)

Recém-inaugurada no Setor de Clubes Sul, a franquia Shed Western Bar é a nova casa de shows especializada em sertanejo universitário em Brasília. O espaço tem como proposta trazer os grandes nomes do sertanejo atual, aliado às grandes grifes de bebidas internacionais, como a Ciroc e Blue Label. Tudo acontece em um ambiente luxuoso com capacidade para 1.500 pessoas, marcado por uma decoração fina em madeira, com espelhos, futons e almofadas, além dos camarotes e lounges. Inaugurada no dia 13 de dezembro, já promoveu shows com nomes como Lucas Lucco e a dupla João Neto & Frederico. Funciona ás quartas, sextas e sábados, a partir das 23h.  

 

Essence Lounge Bar (405 Sul)


Inaugurado no segundo semestre de 2017, o Essence Lounge Bar veio com a proposta de mudar o conceito dos locais especializados em narguilés. O espaço tem capacidade para atender cerca de 350 pessoas, espalhadas em três ambientes. Cada um é voltado para um estilo musical e apresenta uma programação de shows ao vivo, além de uma área para não fumantes e um andar voltado para a diversão com mesa de sinuca e de pôquer. O espaço funciona diariamente, a partir das 16h. 

 

Vem aí a Pink Elephant (SCES - Tr. 2)

A conhecida franquia de boates Pink Elephant chega a Brasília ainda este semestre. O espaço tem inauguração prevista para 28 de fevereiro e vai funcionar no prédio em que estão instalados o Taj Bar e a Steak Bull Churrascaria. A boate tem seis unidades espalhadas pelo Brasil e é conhecida pelas festas ecléticas que promove, diversificando entre a música eletrônica, hip-hop, sertanejo, pagode, MPB e funk. A expectativa é que o espaço venha funcionar de quarta a sábado, trazendo nomes atuais que estão em alta na música brasileira. 

Projetos 

(foto: BS - na Praia/Divulgação)
(foto: BS - na Praia/Divulgação)

 

Carnaval no Parque (Parque da Cidade)

Após o sucesso da primeira edição do Carnaval no Parque em 2017, trazendo nomes de peso como Saulo e Simone & Simaria, a segunda edição do evento foi confirmada e ocorrerá entre os dias 8 a 13 de fevereiro. A festa que tem como proposta trazer um pouquinho de Salvador para Brasília e contará com nomes como Durval Lelys, Léo Santana, Saulo e Aviões do Forró. Ao todo serão 13 atrações principais, mais convidados e DJs residentes.

 

MimoBar - Gramado da Funarte (Eixo Monumental)

O espaço funciona em containers e foi reinaugurado no último fim de semana de novembro, com variadas atividades como shows, apresentações de voz e violão, discotecagem com DJs, encontros, palestras, cinema ao ar livre, entre outros projetos. Nesta edição, além das cores que chamam atenção de quem passa pelo Eixo Monumental, os organizadores do MimoBar resolveram incorporar o Centrinho Cultural Contém MimoBar (CCCM). “A gente já tinha as lojinhas e o bar, e agora implementamos o contêiner cultural. Antes, a gente ficava muito próximo às residências e não dava, mas agora a localização é favorável”, conta Ana Júlia Melo. O espaço funciona até fim de janeiro, de quarta a sexta, das 18h à 1h; sábado, das 16h à 1h; domingo, das 16h às 23h. Bar cultural. Acesso livre. Não recomendado para menores de 18 anos. “Aqui é igual barraquinha de praia, se chover muito, não abre, porque é tudo ao ar livre”, brinca Ana Júlia.

 

Na praia (Orla da Concha Acústica)

Sucesso entre os brasilienses, o projeto itinerante Na Praia confirmou sua quarta edição para 2018. Conhecido por trazer grandes nomes da música brasileira como Ivete Sangalo, Jorge & Mateus, Alok e Natiruts para se apresentarem às margens do Lago Paranoá, o projeto tem como proposta englobar diversos segmentos culturais, como a música, gastronomia, artes visuais e cênicas, esporte e lazer, tudo dentro de um imenso complexo a céu aberto com uma temática praiana. A expectativa é que o evento seja realizado no segundo semestre de 2018, com maiores proporções, seguindo a linha de trazer renomados nomes da música nacional.

Festas

(foto: Beladona/Divulgação)
(foto: Beladona/Divulgação)

 

Ano novo, cara nova 

Com a proposta de oferecer temas e climas diferentes, a primeira Madre do ano será no Deck Sul, local que, entre os meses de janeiro e fevereiro, promete ser bastante agitado com variadas festas organizadas por alguns produtores culturais brasilienses.

 

As festas Breu, Brilho eterno de uma mente boladona e Carta Aberta são as grandes apostas do produtor Daniel Spot para 2018. A primeira tem como proposta evento totalmente no escuro, regado com muita música; a segunda vem com a pegada dos flashbacks alternativos dos anos 1980, 1990 e 2000, recheada com hits retrô, remixados e diversificados; já a terceira será para alegrar as noites dos amantes do rock intimista. “A gente testou algumas coisas, e queremos trazer ao menos uma festa por mês, sempre alternando as marcas e o estilo”, afirma Spot. Mais que renovar as marcas, o produtor cultural também aparece com novidades. “Vou desenvolver um projeto novo com a Aliança Francesa, que será focado em música eletrônica francofônica, o Les Soirées Avec Maman. Serão dois eventos no primeiro e dois no segundo semestre, feitos tanto para os alunos quanto para quem é de fora”, revela Daniel Spot.

 

*Estagiários sob supervisão de Nahima Maciel 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade