Publicidade

Correio Braziliense

Kevin Spacey é acusado de racismo nos bastidores de 'House of Cards'

Após as acusações de assédio, o ator foi acusado de se referir a funcionários negros como 'pretos' e negado a apertar a mão dos mesmos


postado em 16/01/2018 18:47

A Netflix já suspendeu a série 'House of Cards' por conta das acusações de assédio(foto: ANGELA WEISS)
A Netflix já suspendeu a série 'House of Cards' por conta das acusações de assédio (foto: ANGELA WEISS)

 

Após as acusações de assédio sexual, Kevin Spacey está envolvido em mais uma polêmica. Integrantes da equipe de gravação da série House of cards acusaram o ator de racismo nos bastidores. As informações são do jornal Daily Mail. 

 

 

De acordo com a publicação, o caso teria acontecido em 2012, quando funcionários negros foram proibidos de assistir as gravações a pedido de Spacey. Os depoimentos ainda relatam que o ator teria se referido a eles como "preto" e negado a apertar a mão dos funcionários. 

 

egundo o gerente da empresa de segurança, Earl Blue, a produção da série não deu atenção ao ouvir sobre o ocorrido: "É assim mesmo que acontece", disseram. Ele ainda relatou que após as atitudes racistas de Kevin Spacey, o contrato de US$ 1,1 milhão não foi renovado com a empresa, VIP Protective Services, apesar da insistência dos produtores. 

 

 

A Netflix suspendeu a produção de House of cards após as primeiras alegações de abuso sexual contra o intérprete de Frank Underwood. O fim da série agora vai se concentrar na personagem de Claire Underwood, interpretada por Robin Wright. A sexta temporada só terá oito episódios, ao invés dos 13 das temporadas anteriores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade