Publicidade

Correio Braziliense

Baixista do The Smiths nega participação em possível reunião do grupo

Poucas horas após anúncio de reunião, Rourke afirmou que sua participação era mentira


postado em 23/01/2018 11:20 / atualizado em 23/01/2018 11:20

Uma grande reunião, por enquanto, é só vontade(foto: Scot Ranger/Divulgação)
Uma grande reunião, por enquanto, é só vontade (foto: Scot Ranger/Divulgação)


Uma verdadeira confusão de informação deixou os fãs da banda britânica The Smiths com os nervos a flor da pele. No começo da tarde de segunda-feira (22/1), o projeto Classically Smiths – que pretende apresentar os clássicos do grupo acompanhado de uma orquestra – divulgou em nota à imprensa informando que aconteceria uma reunião com três integrantes do grupo (que originalmente contou com quatro membros), mas a alegria dos fãs durou pouco.
 

A reunião que teria a presença do baterista Mike Joyce, do baixista Rourke e do guitarista Craig Gannon, foi para os ares quando apenas algumas horas depois, Rourke foi a público afirmar que sua suposta participação seria uma mentira. O portal inglês NME divulgou uma nota do baixista lamentando que seu nome tivesse entrado no que chamou de “anúncio mentiroso”.

“Eu estou muito triste que, na semana da morte de minha amiga Dolores O'Riordan, esse anúncio mentiroso foi feito em meu nome. Em nenhum momento eu dei consentimento para ninguém em relação ao Classically Smiths para falar em meu nome e nada nunca foi confirmado, aprovado ou assinado por mim, ou meu time”, afirmou.

Até o momento, o Classically Smiths parece seguir em frente com o projeto contendo apenas Joyce e Gannon, com inclusive data de show e line-up, que contam com faixas como The boy with the thorn in his side e Please, please, please please let me get what i want.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade