Publicidade

Correio Braziliense

Escritora americana Ursula K. Le Guin morre aos 88 anos

A informação foi confirmada pelo filho da escritora em comunicado no Twitter


postado em 24/01/2018 12:20 / atualizado em 24/01/2018 12:21

A escritora Ursula K. Le Guin (foto: Internet/Reprodução )
A escritora Ursula K. Le Guin (foto: Internet/Reprodução )

Uma das escritoras de literatura mais célebres norte-americana, Ursula K. Le Guin, morreu, na noite desta terça-feira (23/1), aos 88 anos, em Portland, nos Estados Unidos. 

A informação foi divulgada pelo filho da escritora, Theo Downes-Le Guin, que não divulgou as causas da morte. De acordo com o jornal New York Times, Ursula K. Le Guin sofria com problemas de saúde há meses, e raramente estava saindo de casa.  

"Com profundo pesar, a família de Ursula K. Le Guin anuncia sua morte em paz ontem à tarde", indicou um breve comunicado, publicado em sua conta no Twitter.

Quem foi Ursula K. Le Guin 


A escritora norte-americana ganhou notoriedade no mundo da literatura na década de 1960, com o primeiro volume da obra Ciclo de terramar, composto por cinco volumes: O feiticeiro e a sombra (1968), Os túmulos de Atuan (1971), A praia mais longínqua (1972), Tehanu, o nome da estrela (1990) e Num vento diferente (2001). O primeiro livro, pioneiro para o sucesso da saga, conta a história de um aprendiz de feiticeiro que luta contra os poderes do mal.

Ursula era considerada uma das maiores escritoras de ficção científica da história. Durante a carreira, produziu obras traduzidas para mais de 40 idiomas, com milhões de cópias vendidas em todo o mundo. No currículo: mais de 20 romances, 100 contos, diversos livros de poesia, ensaios, livros infantis e traduções.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade