Publicidade

Correio Braziliense

Mahmoud é o primeiro líder do BBB 18 e já indica brother para o paredão

No domingo, o líder vai indicar outro participante e a casa decidirá um terceiro integrante, formando assim um paredão triplo


postado em 25/01/2018 23:15 / atualizado em 25/01/2018 23:45

(foto: Reprodução/TV Globo)
(foto: Reprodução/TV Globo)

 
O BBB conheceu, na noite desta quinta-feira (25/1), o primeiro líder da 18ª edição do reality show. O sortudo foi o rondonense Mahmoud. Ele levou a prova que deu o pontapé inicial à competição. No jardim da casa, havia um campo surpresa com diversos números. Os brothers tinham de ir até um local com diversos bustos e quebrá-los com um martelo. Dentro deles, havia um número indicando a posição que o jogador deveria tomar no campo surpresa. Já posicionados em seus devidos lugares, uma tinta colorida sujava os brothers, indicando os que foram eliminados da disputa. 


Os primeiros desclassificados foram: Jaqueline, Paula, Lucas e Gleice; na segunda fase, Ana Paula, Jéssica e Viegas; já na terceira etapa, a eliminada foi Nayara; no final, Diego e Mara. A decisão da prova do líder ficou entre Caruso e Mahmoud, que faturou o prêmio. 
 
(foto: Reprodução/TV Globo)
(foto: Reprodução/TV Globo)
 
 
A indicação do rondonense para o paredão aconteceu logo após o brother ganhar a prova. O jogador indicou Ana Paula. No domingo, Mahmoud vai indicar outro participante e a casa decidirá mais um integrante, formando, assim, um paredão triplo. 

Nesta edição, haverá pela primeira vez a pessoa que possui o poder do veto, que ocorrerá quando o paredão já estiver formado. Essa pessoa poderá anular o voto do líder ou da casa. As provas do veto acontecerão na sexta-feira (26/1).
 
Ver galeria . 16 Fotos Wagner, 35 anos, artista visual, Paraná - O participante parece um cara discreto, que prefere passar despercebido pelos lugares que habita -
Wagner, 35 anos, artista visual, Paraná - O participante parece um cara discreto, que prefere passar despercebido pelos lugares que habita -"Ele no BBB? Jamais imaginaria! Ele não gosta de holofote", explica sua mãe. Mas basta sentar para uma conversa com o curitibano que suas meias vermelhas, antes escondidas, aparecem e, com elas, todas as nuances encobertas pelas 43 tatuagens que marcam sua pele. A intensidade da relação com os filhos, o modo particular de se conectar com a natureza e o amor pela arte gritam em cada canto de seu apartamento e suas atitudes. (foto: Reprodução )
 
 
*Estagiária sob supervisão de Anderson Costolli

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade