Publicidade

Correio Braziliense

Locutor Sílvio Luiz é acusado de machismo por repórter da Globo

Em junho de 2017, ele escreveu que a colega deveria ter %u201Cum padrinho forte%u201D para justificar a sua presença como repórter televisiva


postado em 26/01/2018 09:17 / atualizado em 26/01/2018 10:17

Jornalistas foram agredidas verbalmente por Silvio Luiz(foto: Montagem/DP )
Jornalistas foram agredidas verbalmente por Silvio Luiz (foto: Montagem/DP )
 
Aos 83 anos, Sílvio Luiz tem uma longa lista de declarações polêmicas, inclusive atacando colegas de profissão. Já afirmou que Milton Neves lhe “dá ânsia de vômito” e “é um imbecil louco para aparecer”, entre outros comentários desabonadores. Este último, por sua vez, rebateu dizendo que Sílvio é um "velho, ranzinza, mal-humorado, ingrato e invejoso". 

 
Em outra ocasião, o locutor criticou a apresentadora da Record Fabíola Gadelha: "Existe coisa mais sem nexo que essa gorda na Record?". O comentário infeliz lhe rendeu muitas críticas. Nesta quinta-feira (25), ele voltou a ser atacado por causa das declarações que costuma fazer. 

Repórter do SporTV e da Globo, Lívia Laranjeira acusou Sílvio Luiz de machismo após resgatar um tweet feito pelo narrador nas redes sociais. Em junho de 2017, ele escreveu que a colega deveria ter “um padrinho forte” para justificar a sua presença como repórter televisiva. 

“Hoje, um amigo citou esse tuíte do ano passado que eu nem tinha visto. Entendo e respeito que não gostem do meu trabalho, mas não tem padrinho, não. Tem dedicação, vontade de aprender e gente que confia em mim. Sabe o que mais tem? O machismo de sempre. Nada de novo no front”, rebateu Lívia Laranjeira.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade