Publicidade

Correio Braziliense

Mágico David Copperfield é acusado de assédio por ex-modelo

Britney Lewis deu uma entrevista ao site The Wrap e falou sobre o fato ocorrido há 20 anos


postado em 26/01/2018 11:50 / atualizado em 26/01/2018 11:58

É a segunda vez que o mágico é acusado de assédio. Ele foi inocentado da primeira, em 2007(foto: MARIO ANZUONI)
É a segunda vez que o mágico é acusado de assédio. Ele foi inocentado da primeira, em 2007 (foto: MARIO ANZUONI)
 
 
O mágico David Copperfield, um dos mais renomados ilusionistas do mundo, é acusado de estupro por uma ex-modelo norte-americana. O fato teria ocorrido em Atami, no Japão, em 1988. Britney Lewis participou de um concurso de beleza e Copperfield era um dos jurados. O mágico a chamou para assistir a um de seus shows. Como a garota era menor de idade, os responsáveis tiveram de autorizar a saída. De acordo com a avó da garota, o mágico era convincente e charmoso.

David Copperfield dopou a então modelo e abusou sexualmente dela. Na ocasião, Britney pensou que o mágico estava dividindo uma droga com ela, afirmando que era para deixá-la tranquila. "Eu só me lembro dele tirando minhas roupas. Começou me beijando e depois desceu pelo meu corpo. Depois disso, apaguei e não vi de mais nada”, conta a ex-modelo. Na época em que tudo aconteceu, ele tinha 32 anos e ela tinha 17. Quando Britney acordou, o ilusionista informou que nada aconteceu porque ela era menor de idade. "Não penetrei em você", disse ele. 

De acordo com o site The Wrap, ao qual a ex-modelo deu a entrevista, o caso já havia sido contado ao FBI quando outro caso de abuso sexual envolvendo David Copperfield estava sendo investigado. Lacey Carroll, modelo norte-americana, acusou o mágico de tê-la violentado, mas ele foi inocentado.

David Copperfield se manifestou no Twitter a respeito da acusação. Citou a importância do movimento #MeToo e da onda de denúncias contra assédio sexual na indústria do entretenimento e fez referência à acusação em 2007. "Enquanto passo por outra tempestade, quero que o movimento continue florescendo", escreveu o nágico em seu Twitter.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade