Publicidade

Correio Braziliense

Antologia 'Pedaladas poéticas' será lançada nesta terça-feira, no Sebinho

Livro reúne a obra de 32 artistas de todo o Brasil. O DF tem representantes


postado em 30/01/2018 06:33

Aroldo Pereira: coletânea Pedaladas poéticas reúne escritores de várias regiões do país(foto: Brenda Marques/Divulgação)
Aroldo Pereira: coletânea Pedaladas poéticas reúne escritores de várias regiões do país (foto: Brenda Marques/Divulgação)

O Salão Nacional de Poesia Psiu Poético congrega expressões criativas múltiplas: poema, dança, música, teatro e cinema dialogam há mais de três décadas em Montes Claros (MG). Hoje, Brasília tomará emprestada a experiência mineira em sarau organizado para promover a antologia Pedaladas poéticas, cujo lançamento ocorrerá às 20h, na Livraria Sebinho (406 Norte).

No livro, estão reunidos poemas de 32 artistas de todo o Brasil, inclusive do DF, sob curadoria de Aroldo Pereira e Wagner Merije. Pedaladas poéticas é desdobramento do tema “Linguagem & Bicicletas Voadoras”, mote do 31º Salão Nacional de Poesia Psiu Poético ocorrido em outubro de 2017, o mais antigo evento literário em atividade do país. Desta vez, os versos viajam de cidade em cidade como forma de agregar poetas dos diversos cantos — missão incessável de Aroldo Pereira, a mente por trás do Psiu.

Aos 58 anos, Aroldo é autor de sete livros e doutor honoris causa pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). As artes plásticas são força motriz de suas obras. Ele tem por inspiração os pintores Raymundo Colaris e Helio Oiticica.

Grandes poetas também não fogem às referências de Aroldo: Torquato Neto e Carlos Drummond de Andrade perpassam as linhas do artista, para quem poesia é “forma de buscar encanto na luta diária que é viver”.

Consciência


O artista conta ao Correio Braziliense que a ideia embrionária do Psiu Poético surgiu em Brasília, 31 anos atrás, após ter se apresentado na Universidade de Brasília (UnB). Inaugurado o Salão Nacional de Poesia, em 1986, anualmente são lançados livros que registram cada edição do evento (a prática começou após o terceiro ano. Ao todo são 28 livros publicados.

“Pedaladas, no Psiu, são autocuidado, consciência, estabilidade”, explica o artista, que chama a atenção para os benefícios das bicicletas. Ele diz que os poetas incluídos na obra foram livres para ressignificar o tema da forma como desejassem. Entre os autores do livro constam 14 mulheres e 16 homens, em deliberada busca por “equilíbrio de gênero” dos curadores.

Dos 31 nomes que integram a autoria do livro, Brasília é representada por três deles: Noélia Ribeiro, Tércio Ribas Torres e Sóter. A programação do evento inclui minipalestra com Aroldo Pereira sobre o Salão Nacional de Poesia Psiu Poético; sarau com poetas; performance da poeta, jornalista e baterista Brenda Marques Pena; além de microfone aberto ao público. Na ocasião, Aroldo Pereira concederá autógrafos.

* Estagiário sob supervisão de José Carlos Vieira

SERVIÇO
Sarau com venda do livro Pedaladas Poéticas
Local: Sebinho Livraria, Cafeteria e Bistrô (Asa Norte, SCLN 406 Bloco C). Hoje, às 20h. Preço: R$ 35.
 
 
 
 
 
 
 
 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade