Publicidade

Correio Braziliense

Tarsila do Amaral será homenageada pelo MoMA, em Nova York

De fevereiro a junho deste ano, o Museu de Arte Moderna de Nova York fará uma exposição sobre a vida e a obra da pintora brasileira


postado em 31/01/2018 14:50 / atualizado em 31/01/2018 14:55

A artista foi importante para as artes no Brasil(foto: Reprodução/ Internet)
A artista foi importante para as artes no Brasil (foto: Reprodução/ Internet)

 
A pintora modernista brasileira Tarsila do Amaral vai ganhar uma exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA). De 11 de fevereiro a 3 de junho de 2018, estarão disponíveis para visitas 120 peças assinadas pela artista, entre pinturas, cadernos de rascunho, desenhos, fotos e outras raridades vindas de coleções da América Latina, da Europa e dos Estados Unidos. 

A curadoria da exposição é do venezuelano Luis Pérez-Oramas (MoMA) e Stephanie D'Alessandro (Art Institute of Chicago). As obras expostas englobam exemplares de toda a carreira de Tarsila do Amaral: as produções de Paris, passando pelas grandes pinturas modernistas, por fim, as obras com apelo social. Também estará disponível o estudo Composição (Figura só), que acabou de ser comprado pelo museu. A obra, que mostra uma mulher sozinha em um vasto território, foi pintada em 1930, mesmo ano em que o casamento da artista com Oswald de Andrade terminou.
 
Na exposição em Nova York, obras como AbaporuA negra e Antropofagia estarão à mostra. Também haverá um catálogo ilustrado, com pinturas, desenhos, fotografias e cartas para que o visitante tenha noção não só da obra de Tarsila, mas de toda a trajetória da artista. O curadores disponibilizarão também alguns ensaios e análises a respeito das pinturas. 

Tarsila do Amaral foi uma pintora brasileira nascida em São Paulo em 1886. O início da carreira dela se dá em Paris, enquanto frequentava a Académie Julian. Ela foi uma das responsáveis pelo movimento Modernista brasileiro e pintou diferentes estilos e temáticas. Também estudou música e escultura.

O MoMA guarda importantes obras de grandes artistas mundiais. Kandinsky, Picasso, Mondrian e Matisse estão no acervo. Além de pinuras, o museu também tem um jardim com esculturas de grandes artistas, como Rodin.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade