Publicidade

Correio Braziliense

Tiago Mocotó faz música sob medida para celebrar ocasiões especiais

Músico é irmão de Gabriel, o pensador, e encontrou na música sob encomenda um nicho produtivo


postado em 01/02/2018 07:30 / atualizado em 01/02/2018 09:00

Tiago Mocotó, irmão do cantor e compositor Gabriel, o Pensador, sempre teve a convicção de que seguiria a trilha da música(foto: Arquivo pessoal/Divulgação)
Tiago Mocotó, irmão do cantor e compositor Gabriel, o Pensador, sempre teve a convicção de que seguiria a trilha da música (foto: Arquivo pessoal/Divulgação)
 
Já imaginou ter uma música própria para a sua história de amor? Ou comemorar o aniversário de uma pessoa querida ao som de uma faixa exclusiva? A partir dessa perspectiva, o compositor e músico Tiago Mocotó criou o projeto Música sob medida. “Eu queria utilizar isso (o dom da composição), o que sempre utilizei, para fazer as pessoas sorrirem, interagirem e se emocionarem. A proposta é fazer música para pessoas físicas, para aniversários, casamentos, entre outros”, explica.

Para criar as canções, Mocotó entrevista os envolvidos em busca de informações para a composição da letra da música. Depois, ele fica responsável por elaborar o ritmo, que também precisa ter a ver com a história e com as pessoas. “O barato é que o site está virando uma coisa maior do que eu. Estou chamando outras pessoas para trabalharem comigo. Até porque, às vezes, tem alguns pedidos que são de estilos que não são minha especialidade. Tenho trabalhado no método de coworking, o que é muito bacana para agregar as pessoas”, comenta Mocotó.

Antes de lançar o projeto, Tiago Mocotó já era conhecido no mundo artístico. Filho dos jornalistas Belisa Ribeiro e Tarcísio Baltar e irmão mais novo do rapper Gabriel, o Pensador, a música sempre esteve presente em sua casa. “Todo mundo é muito musical lá em casa. Sempre tivemos muitas festas com música ao vivo, com violão, pandeiro... E, principalmente, por causa do meu avô (Affonso Solano Guimarães de Oliveira) que era sambista. Ele toca violão, piano, bandeiro, era compositor... Ele foi uma grande influência na nossa família musicalmente”, lembra.

Carreira musical

Com essa infância, a decisão por seguir a vida artística veio quase naturalmente. “Eu nem tinha pensando em ter uma profissão e já sabia que a música seria a minha”, comenta. Quando tinha 18 anos, começou a tocar e cantar em um bar na Vila Isabel, do qual o cantor Martinho da Vila era um dos donos. Assim ,foi convidado para participar da coletânea Butiquim do Martinho, que reunia artistas que se apresentavam no estabelecimento. No disco, Mocotó gravou duas faixas: Êta mulher traiçoeira e Tô legal, chega, ambas foram gravadas depois pelo próprio Martinho da Vila.

Frequentador de rodas de samba, Mocotó colaborou com Martinho da Vila antes de passar a atuar do lado do irmão Gabriel, o Pensador, com quem trabalhou tanto na parte de produção quanto na parte musical, como músico da banda. “Isso foi muito bom. Eu só queria estar ligado à área de samba, mas com o Gabriel conheci outros ritmos, como o reggae, o rap e o rock. Consegui pegar essas influências. No começo, eu era meio turista. Eu achava que estavam todos americanizados, mas, depois, entendi que é preciso dar valor à arte”, completa.

Apesar de a carreira artística de Tiago Mocotó ser mais ligada a Martinho da Vila e ao irmão Gabriel, o Pensador, ele também teve projetos com nomes como Moreira da Silva e João Nogueira. “Toquei com diversas pessoas da música. Dividi o palco com grandes nomes da música e do cenário nacional. Estive em algumas bandas”, lembra.

Mas, como sobreviver de arte ainda é um desafio, ele acabou se afastando do lado artístico para apostar no lado compositor fazendo jingles publicitários. Atualmente, comanda o projeto Música sob medida e também faz algumas composições a convite, como o mais recente samba do bloco Volta, Alice, que saiu às ruas no último domingo no Rio de Janeiro. Mocotó também musicou o samba-enredo composto por José Carlos Vieira (editor da Revista do Correio, do Diversão & Arte e de Cidades do Correio)  para o bloco Pauta na Rua em homenagem à jornalista Liana Sabo.


Saiba mais
Acesse o site http://belisa5.wixsite.com/musicasobmedida e conheça o projeto Música sob medida, de Tiago Mocotó.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade