Publicidade

Correio Braziliense

Bento Viana inaugura galeria especializada em fotografia

O fotógrafo criou um espaço com um acervo de 500 mil imagens


postado em 03/02/2018 07:20

Bento Viana quer abrir espaço para fotógrafos da cidade com a inauguração de galeria(foto: Bento Viana/Divulgação)
Bento Viana quer abrir espaço para fotógrafos da cidade com a inauguração de galeria (foto: Bento Viana/Divulgação)

A ideia de montar uma galeria inteiramente dedicada à fotografia era um sonho antigo de Bento Viana. Com quase 27 anos de experiência, o fotógrafo acumulou um acervo com mais de 500 mil imagens e queria um lugar no qual pudesse disponibilizar esse material para o público. Esse é um dos objetivos da Bento Viana Galeria, inaugurada com uma exposição na qual o fotógrafo faz um panorama da própria obra e abre as portas para a prática fotográfica na cidade.

A ideia é manter uma agenda de cursos e exposições de fotógrafos de Brasília e de outras cidades. Para cuidar da curadoria do espaço, Bento contratou o pernambucano Diógenes Moura, eleito o melhor curador de fotografia do Brasil pelo Sixpix/Fotosite e responsável por exposições como Andy Warhol — Superfície, realizada no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, e Busca-me, de Boris Kossoy. Moura será o responsável permanente pela curadoria da galeria.

O espaço também receberá cursos. O fotógrafo está interessado especialmente no público jovem e quer focar na prática fotográfica, e não na teoria. Na lista de projetos entram expedições internacionais para fotografar. Bento planeja para breve incursões a países como Laos, Camboja e Vietnã. A galeria também está equipada para a impressão em fine art e tratamento de fotografias, coisa que Bento Viana já faz há um tempo para os próprios clientes e agora quer ampliar. “Eu sempre vendi diretamente para o cliente, mas achei que tinha que fazer algo mais profissional, achei que precisava ter uma galeria com todas as características de uma galeria, acervo, cursos, oficinas”, explica.

Editor de fotografia da revista Traços, Bento também quer abrir espaço para fotógrafos da cidade. “Tenho conhecido muitos profissionais de Brasília e queria algo que pudesse fomentar”, conta. Ele acredita que, em cerca de 10 meses, quando a galeria estiver estabelecida, vai conseguir realizar exposições de fotógrafos convidados.

Autor do livro Do céu, Brasília e das exposições A volta ao mundo em 80 fotos, visitadas por mais de 120 mil pessoas, o fotógrafo se prepara para lançar o sexto livro, que tem o título provisório de Do céu, cidade maravilhosa. Foram mais de 50 horas de voo sobre o Rio de Janeiro para realizar as imagens do livro, ainda sem data para o lançamento.

Na exposição em cartaz na galeria, o curador Diógenes Moura reuniu imagens que mostram a variedade de temas trabalhados por ele. Aos 46 anos, Bento costuma dizer que é um empreendedor da fotografia. “Tive que ampliar meu olhar, fotografia de tudo, bicho, planta, gente, paisagem, arquitetura, do alto, de baixo”, brinca. “Hoje percebo que meu trabalho é muito diverso.” A versatilidade ajuda a transitar por um mercado cada vez mais saturado e no qual a fotografia está ao alcance de todos, graças à tecnologia digital. Apesar dos celulares e smartphones, Bento acredita que ainda há muito espaço para a fotografia profissional. “O mercado de arte em Brasília está em expansão e a foto, nos últimos anos, ganhou espaço”, diz.

Outras iniciativas


Espaços dedicados à fotografia são uma vocação em Brasília. Há boas iniciativas que funcionam como galerias e espaços destinados a cursos e ao fomento. No Espaço F/508, além de visitar exposições, é possível frequentar cursos, palestras, bate-papos e oficinas sobre fotografia. Em Taguatinga, a Olho de Águia é especializada em imagem, embora também abra espaço para outros suportes. Na Casa da Luz Vermelha, Kazuo Okubo mantém uma agenda de exposições e feiras que movimentam a cena fotográfica brasiliense, além de também trabalhar com impressões em fine art.

Voz do olhar
Exposição de fotografias de Bento Viana. Visitação até 30 de março, na Bento Viana Galeria (SHIS Ql 17 Bloco G —  Comercial), de segunda a sexta, das 12h às 22h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade