Publicidade

Correio Braziliense

BBB18: Choro e discussões marcam a madrugada pós formação de paredão

Mahmoud, Gleici e Jaqueline se enfrentam na segunda berlinda do reality show


postado em 05/02/2018 17:24


Lucas consola Mahmoud no jardim da casa do 'BBB18'(foto: TVGlobo/Reprodução)
Lucas consola Mahmoud no jardim da casa do 'BBB18' (foto: TVGlobo/Reprodução)
 
A formação do segundo paredão do BBB18, no domingo (4/2), deixou os ânimos aflorados no Big Brother Brasil 18. O líder Lucas indicou a acriana Gleici, enquanto a casa decidiu colocar Mahmoud na berlinda. Jaqueline está na linha de tiro por conta da sorte. Durante a prova do líder da última quinta-feira (1º/2), ela tirou uma mensagem da garrafa que a colocou direto no paredão.
 

Após a formação, Patrícia foi obrigada a revelar em quem tinha votado. A cearense revelou o voto em Mahmoud, o que deixou o sexólogo decepcionado. Irritado, ele xingou em árabe e criticou as atitudes da sister: ''Gente falsa que sorri para você''. Em conversa com Ana Clara e Kaysar, ele afirmou que nunca fingiu gostar de ninguém na casa. ''Eu fui educado com todo mundo'', ponderou. 

Enquanto isso, Lucas chamou Gleici de canto e tentou se justificar. Após ouvir o brother, ela respondeu: ''Não tem problema. Eu só não esperava''. O cearense continou e disse que não tinha proximidade alguma com a estudante. ''Se eu for para o paredão e sair, não tem problema. Estou tranquila'', garantiu Gleici. Em seguida, os dois trocaram abraços. 

Depois disso, no jardim da casa, Mahmoud caiu no choro e foi consolado por Lucas, Kaysar e Jéssica. ''Você não pode enfraquecer'', afirmou a personal trainer. ''O jogo não acabou ainda'', afirmou o empresário. 

A partir daí, o chororô deu lugar a uma série de discussões e intrigas. Em conversa com Jéssica, Lucas afirmou que poupou Ayrton do paredão por causa de Ana Clara. A catarinense, então, afirmou que a filha da família Lima estava falando mal do líder. ''Eu estou triste, porque não votei na pessoa que eu queria votar'', afirmou Lucas. 

O clima foi ficando mais tenso quando o líder afirmou que sempre ajuda a arrumar a cozinha, mas que os confinados que ficam acordados à noite sujam tudo de novo. 

Nayara, que votou no sexólogo Mahmoud, afirmou que não irá mais participar da combinação de votos com Diego, Caruso e Wagner. ''Da próxima vez, eu não vou ficar me unindo a vocês. Quando eu falar família Lima, vai ser família Lima. Vocês estão trocando uns papéis que para mim estão sendo horrorosos'', afirmou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade