Publicidade

Correio Braziliense

Edu Falaschi fará show em Brasília em 21 de abril

Na terceira temporada da turnê Rebirth os Shadows, Edu Falaschi confirma passagem por Brasília em 21 de abril. No repertório, grandes clássicos de uma das maiores bandas de metal do Brasil


postado em 10/02/2018 12:00

Edu Falaschi embalará feriado com muito rock da pesada(foto: E. Vasconcellos/Divulgação)
Edu Falaschi embalará feriado com muito rock da pesada (foto: E. Vasconcellos/Divulgação)

O aniversário de Brasília será ao som de muito metal melódico. Edu Falaschi, vocalista da Angra durante mais de 10 anos, trará a turnê Rebirth os shadows ao Planalto Central em 21 de abril. A confirmação ocorreu no fim da semana passada. Durante cerca de duas horas de pauleira, ele promete tocar grandes clássicos dessa que é uma das maiores bandas de metal melódico do Brasil.
 
Em conversa com o Correio, o cantor garantiu mandar os clássicos do período à frente dos metaleiros paulistas, de 2001 a 2012, principalmente as faixas dos álbuns Hunters and pray, Aurora consurgens, Aqua e, principalmente de Rebirth e Temple of shadows, justamente os discos que dão nome à turnê.

"Em cada show a gente busca levar algo para surpreender o público e os fãs de Brasília podem esperar", disse Falaschi sem querer adiantar qual seria a surpresa, mas alertou aos roqueiros do DF que será algo gravado pela banda por volta de 2002.
 
A turnê Rebirth of shadows começou em julho do ano passado, mas como os músicos moram em estados diferentes e alguns fora do país, ele vem sendo feita por temporadas. Após 30 shows com ingressos praticamente esgotados, Brasília recebe a terceira temporada.

Além de Edu, integram a banda o baterista Aquiles Priester e o tecladista Fábio Laguna, ambos com passagem também pelo Angra. Completam o time o guitarrista Diogo Mafra e o baixista Raphael Dafras, vindos da Almah, um projeto paralelo de Edu Falaschi; e Roberto Barros, um guitar-hero com milhares de seguidores nas redes sociais.
 
Antes de desembarcar no Cerrado, a trupe faz dois show em São Paulo e outros dois no Rio Grande do Sul. No carnaval, porém, Falaschi descansa a voz e fica fora até das folias de Momo. "Eu não sou muito fá disso, pois não tive boas experiências", conta Edu rindo muito. "Uma vez eu tomei uma quilo de confete na cara ao chegar em um baile e em outra apanhei em São Paulo", relembra.
 
Por falar em carnaval, o vocalista comentou o fato de sua ex-banda tocar em meio o axé de Salvador neste feriado. "É o segundo ano que eles se apresentam lá. Cada um escolhe seu caminho e onde quer se apresentar. Se eles acham que lá e nesse momento que devem apresentar o som deles, sucesso", destaca ao dizer que já não tem mais qualquer contato com os ex-companheiros ainda remanescentes na equipe, somente com o guitarrista Marcelo Barbosa, brasiliense integrante também da Almah.
 
Outra peripécia recente do Angra foi gravar uma música com a sertaneja Sandy. "Tem de misturar mesmo. Ela é um ícone brasileiro e eles estão em um momento de lançamento de disco. Chamar gente assim ajuda a promover o álbum". A filha de Chitãozinho e irmã de Júnior participa na faixa Black Widow's Web, do recém-lançado Ømni.
 
Quem quiser saber como está esse CD, no dia 18 de maio, é o Angra quem toca na capital. Assim como Edu, a banda se apresenta no Guará, na casa Toinha Brasil Show.
 
 
Serviço
Edu Falaschi e banda
Turnê Rebirth os Shadows
21 de abril
Toinha Brasil Show (SOF Sul, Q.9 conjunto A lote 5/8, Guará). Ingressos a R$ 60 (pista) e R$ 150 (camarote) – valor inteiro. Pontos de venda: Óticas Diniz, Toinha Rock Pub (QN 208 de Samambaia) e site furandoafila.com.br. Classificação indicativa: 18 anos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade