Publicidade

Correio Braziliense

Grupos ativistas se inspiram no filme 'Três anúncios para um crime'

Os grupos Avaaz e Justice4Grenfell se manifestaram da mesma forma que a personagem Mildred no filme, usando três outdoors e questionando as autoridades


postado em 19/02/2018 14:00 / atualizado em 19/02/2018 14:05

Mildred aluga os outdoors, pois quer mais eficiência das autoridades para descobrirem os culpados pelo assassinato da filha(foto: Reprodução/Internet)
Mildred aluga os outdoors, pois quer mais eficiência das autoridades para descobrirem os culpados pelo assassinato da filha (foto: Reprodução/Internet)

 

Indicado ao Oscar na categoria de melhor filme, Três anúncios para um crime (2017) está influenciando vários grupos de ativistas pelo mundo afora. Na trama, a personagem Mildred (Frances McDormand) fica indignada com demora para as autoridades descobrirem os responsáveis pela morte da filha. Ela, então, aluga outdoors, nos quais levam os dizeres: “Estuprada enquanto morria”, “E ninguém foi preso?”, “Como pode, Chefe Willoughby?”.

 

Um desses grupos, que se influenciou no longa-metragem, foi o Avaaz. A associação ajuda pessoas no mundo inteiro a ser ouvidas e conseguir pressionar os poderes públicos. O protesto aconteceu em Miami e eles colocaram três avisos em caminhões para questionar o uso de armas nos Estados Unidos. 

 

Recentemente, no estado da Flórida, um atirador entrou em uma escola na cidade de Parkland e matou 17 adolescentes. Por isso escreveram nos anúncios o seguinte: "Slaughtered in school" (Assassinados na escola”, “And still no gun control? (E ainda não há controle de armas?)”, “How come, Marco Rubio? (Como pode, Marco Rubio?)”. 

 

 

 

Eles usaram o nome do senador americano Marco Rubio, que é apoiado pela Associação Nacional de Rifles da América. O parlamentar foi bastante criticado, pois, durante o momento de comoção pós-ataque, falou que o controle mais rígido do porte de armas de fogo não seria capaz de evitar a chachina na Flórida. 

 

O outro grupo que usou o mesmo artifício foi o Justice4Grenfell. A associação londrina se juntou, desde o ano passado, após um incêndio na capital inglesa. No acidente foram mortas 71 pessoas e até hoje o governo britânico não prendeu, nem condenou nenhum responável pela tragédia. Em três caminhões o Justice4Grenfell colocou as frases: "How come?" (Por quê?), "And still no arrests?" (E ainda nenhum preso?), "71 dead" (71 mortos).

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade