Publicidade

Correio Braziliense

Fã de Star wars processa Lucasfilm por quebra de contrato

Marc John processa a produtora em 1,35 milhão de libras


postado em 26/02/2018 15:45 / atualizado em 26/02/2018 15:49

O ator David Prowse foi o primeiro Darth Vader(foto: Reprodução/Internet)
O ator David Prowse foi o primeiro Darth Vader (foto: Reprodução/Internet)
 
A produtora Lucasfilm está sendo processada por un fã de Star wars. Marc John é proprietário de uma empresa de streaming e está pedindo 1,35 milhão de libras por ter sido impedido de gravar uma entrevista com o ator David Prowse, o Darth Vader da primeira trilogia.

O fã alega que a compra das filmagens da convenção For the love of the force, realizada na Inglaterra em 2015, proporcionaria mais de três milhões de libras ao ser vendido para mais de 1.200 cinemas. A Lucasfilm é acusada de quebra de contrato.

George Woods, advogado da Lucasfilm, disse que o documentário que Marc John planejava lançar não teria um valor tão alto.

"Ele está confiando em uma estimativa de que faria 1,35 milhão com uma produção que valeria 3 milhões, em um documentário de baixo custo sobre uma convenção de fãs, sendo que experts concordam que seria incrivelmente difícil receber algum lucro com este trabalho. Mesmo que meus clientes sejam declarados culpados por quebra de contrato, não há nenhuma chance real de ele conseguir estes números", afirmou em entrevista para o 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade