Publicidade

Correio Braziliense

Festival de filmes no CCBB e seis estreias movimentam o circuito de cinema

Filme com indicação ao Oscar, fitas de terror e um título de animação infantil estarão nas salas de cinema


postado em 01/03/2018 07:44 / atualizado em 28/02/2018 18:00

O grande sucesso do longa Projeto Flórida reside na menina Brooklyn Prince(foto: A 24/ Divulgação)
O grande sucesso do longa Projeto Flórida reside na menina Brooklyn Prince (foto: A 24/ Divulgação)

Ao custo de US$ 2 milhões, o diretor independente Sean Baker criou o sexto longa da carreira que, nas bilheterias norte-americanas, contou com reconhecimento modesto (menos de US$ 6 milhões), mas estourou em temporadas de premiações. Indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante, o experiente Willem Dafoe arrebatou estatuetas de associação de críticos de Boston, Seattle, Nova York e Los Angeles, além de outras quatro importantes cidades e obteve vitória no âmbito da Sociedade Nacional dos Críticos Americanos.
 
 

No filme, ele dá vida a Bobby, um gerente de hotel de beira de estrada empenhado em melhorar o destino da pequena e espoleta Moonee (a revelação e superelogiada Brooklynn Prince, 7 anos), que tem a educação relegada pela mãe Halley (Bria Vinaite), mais disposta a complementar a renda da pequena família com meios escusos. Destacado com prêmio no Festival de Hamburgo (Alemanha), o longa reafirma a colaboração de Sean Baker com Chris Bergoch, coautor do roteiro, numa sucessão de obras entre as quais Uma estranha amizade, Prince of Broadway e Tangerine.

 

Demais estreias 

 

Motorrad
Suspense brasileiro dirigido por Vicente Amorim adapta os quadrinhos de Danilo Beyruth. Na trama, o personagem de Guilherme Prates, ao lado de amigos, tem que fugir de motoqueiros sádicos que assolam áreas de Minas Gerais.

A maldição da Casa Winchester
A vencedora do Oscar Helen Mirren (A rainha) protagoniza o terror em que uma viúva, herdeira de um império da indústria armamentista, se vê perseguida por almas penadas.

Todas as razões para esquecer
Misto de drama e comédia assinado por Pedro Coutinho coloca o personagem de Johnny Massaro numa posição vulnerável, depois do fim de um relacionamento.

Duda e os gnomos
O jovem Liam, nesta aventura feita com animação, experimenta da segurança dada por estranhos seres que rondam a sua nova morada: a casa da tia Sylvia.

Cuba Jazz
Com apoio do FAC, o documentário de Max Alvim Mauro de Deus, que estreia no Cine Brasília, traz a voz da nova geração de músicos brotados na era pós-Fidel.

Piripkura
Documentário criado por Mariana Oliva, Reanata Terra e Bruno Jorge, o filme examina as evidências do poder e a resistência às invasões a terras sagradas de indígenas acompanhados por agente da Funai desde 1989.

Planeta Água 
Até 18 de março, com entrada franca, uma série de 27 documentários e de cinco ficções estarão em cartaz no cinema do Centro Cultural Banco do Brasil. Hoje, com o show Canto das águas, Leander Motta e convidados abrem o festival que terá, às 19h40, a exibição de Marca d´água como chamariz. O documentário norte-americano mostra a escala do alcance da água na Terra e a importância da racionalidade no uso dela.

  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade