Publicidade

Correio Braziliense

Zé Krishna e banda Amigos Eternos recebem Chico Chico em show nesta sexta

Ao Correio, Zé Krishna fala sobre apresentação, que será na Cervejaria Criolina


postado em 02/03/2018 18:00 / atualizado em 02/03/2018 18:06

Zé apresenta ao público musicalidade única(foto: Mavi Dutra)
Zé apresenta ao público musicalidade única (foto: Mavi Dutra)


O músico Zé Krishna e a banda Amigos Eternos fazem show nesta sexta-feira (2/3) na Cervejaria Criolina, a partir das 20h, com participação do cantor Chico Chico. A apresentação, segundo o artista, será marcada por um som único, que só quem teve uma criação com referências musicais indianas e brasileiras seria capaz de fazer. 

A história de Zé é uma daquelas que chamam a atenção. O indiano, nascido em Nova Déli, chegou ao Brasil com 12 anos e já foi inserido no mundo da música, graças a influência em piano da tia. Aos 15 anos, teve a primeira banda de rock, quando morava em Pirenópolis e já começou o trabalho profissional no mundo da música.
 

Carreira 

 
Zé Krishna se formou em música pela Universidade de Brasília (UnB) e desde aquela época começou a desenvolver uma sonoridade única, que mistura referências indianas, do reggae e da música brasileira. Tendo influências de artistas como a banda Rage Against The Machine e Aswad, Zé aposta no "Brasindia style". “Juntando todas essas referências minha, juntando tudo, a gente chegou a esse denominador comum, esse estilo. Tem uma pegada de reggae, é meio que uma mistura desses três elementos”, afirma ao Correio.

A ideia da música dos Amigos Eternos – formado por Filipe Togawa (teclado), Pedro Miranda (baixo), Luiz Ungarelli (percussão), Renato Galvão (bateria) e Felipe Viegas (teclado) – está estritamente próxima do que vai além da música, como explica Zé: “A atitude é importante, é como se fosse uma raiva do que acontece do sistema que a gente tem de extrair, sabe? E pode ser por meio da arte, no meu caso é musicalmente”.
 
Zé Krishna e a banda Amigos Eternos(foto: Mavi Dutra)
Zé Krishna e a banda Amigos Eternos (foto: Mavi Dutra)
 


O futuro

O músico aponta que está trabalhando no primeiro álbum da banda, intitulado de EK. A produção, que poderá ser ouvida pelo público ainda no segundo semestre deste ano, significa “primeiro” na língua hindi, predominante do Norte da Índia. “Ele já está quase terminado, falta só terminar alguns detalhes técnicos, renderizações e esse tipo de coisa, mas a gente vai divulgando uns singles ao longo do tempo até ele sair completo”, explica Zé.


Show


A apresentação desta noite ainda conta com três elementos especiais: a presença de Chico Chico, o lançamento do clipe de Shiva 6 e a discoteca do DJ Ops. Filho da cantora Cássia Eller, Chico Chico fará aparição especial na noite, e os Amigos Eternos colocarão a disposição do público seu primeiro clipe.

“A ideia do clipe veio meio natural, um dia o Luizinho (Luiz Ungarelli) pegou uma mascará de buda e começou a fazer uns movimentos com a mão, uma coisa meio dançando, daí a gente usou a ideia, e o clipe tem essa performance dele”, conta Zé sobre a experiência do clipe, e ainda completa: “Não é uma coisa fechada, as pessoas têm a capacidade de interpretação o que torna ele aberto”.
 
* Estagiário sob supervisão de Vinicius Nader


Serviço:

Zé Krishna e banda Amigos Eternos recebem Chico Chico
Cervejaria Criolina (SOF Q. 1, cj B, lt 6, Guará; 98250-4999), nesta sexta-feira (2/3), a partir das 20h. Entrada: R$ 30 (porta) e R$ 20 (antecipados pelo site https://www.sympla.com.br/ze-krishna--amigos-eternos-convidam-chico-chico-rj__242366). Não recomendado para menores de 18 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade