Publicidade

Correio Braziliense

Detalhes sobre a sequência de 'Me chame pelo seu nome' começam a aparecer

Novo filme já foi confirmado pelo diretor Luca Guadagnino


postado em 06/03/2018 18:40 / atualizado em 06/03/2018 18:47

Eles estão voltando!(foto: Reprodução/Internet)
Eles estão voltando! (foto: Reprodução/Internet)

 
A sequência do filme Me chame pelo seu nome, baseado na obra literária de André Aciman, não é mais novidade para ninguém, mas agora a história começa a ganhar contornos mais definidos. Marcando presença no Oscar do último domingo (4/3), o diretor do longa, Luca Guadagnino falou mais sobre as novidades que cercam continuação.

A história – que apresentou o relacionamento de verão entre Elio e Oliver – terá uma sequência colocada cinco ou seis anos após os eventos do primeiro filme. Guadagnino assegurou a revista norte-americana USA Today que tudo será novidade: “Eu já estou trabalhando com André, e será baseada em uns cinco ou seis anos após essa história. Vai ser um novo filme, um tom diferente”.

Como os próprios atores já afirmaram, tanto Armie Hammer quanto Timothée Chalamet, estarão na nova produção. De acordo com o portal The Hollywood Reporter em entrevista com Guadagnino ainda em janeiro, um dos enredos da película pode ser em relação a epidemia de Aids que acometeu o mundo no fim da década de 1980.

De acordo com o portal NME, o novo projeto provavelmente chegará as telas em 2020, pois seria uma data que se assemelha aos planos do roteiro com relação a idade dos atores e dos personagens. O filme ainda não começou a ser filmado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade