Publicidade

Correio Braziliense

TNT repudia fala transfóbica de comentarista no Oscar e discute afastamento

Rubens Edward Filho disse que atriz chilena Daniela Vega 'na verdade, é um rapaz'


postado em 07/03/2018 13:35

(foto: TNT/Divulgação)
(foto: TNT/Divulgação)

O jornalista Rubens Edward Filho pode deixar de trabalhar com a TNT na cobertura das próximas edições do Oscar. Comentarista da premiação, ele foi alvo de críticas nas redes sociais após tecer uma declaração transfóbica contra a atriz chilena Daniela Vega, quando a protagonista de Uma mulher fantástica, vencedor da categoria de melhor filme estrangeiro, subiu ao palco para receber a estatueta. "Essa moça na verdade é um rapaz, um transexual, mas ela tem um dom artístico muito legal. Isso emoldura o filme", disse Rubens. 

Em comunicado após a repercussão negativa do comentário, a TNT repudiou o ocorrido e afirmou que o futuro de Rubens será discutido pelo canal. "A TNT repudia toda ação e/ou manifestação preconceituosa de qualquer natureza. A marca valoriza, incentiva a respeita a inclusão, a diversidade em todas suas iniciativas para levar o melhor conteúdo e entretenimento para seus fãs", diz a nota.

Nas redes sociais, os internautas também criticaram os comentários do jornalista em relação a Frances McDormand. Sobre a vencedora do Oscar de melhor atriz, o crítico de cinema afirmou: "Essa senhora não é bonita, deu um show de bebedeira no Globo de Ouro e, de repente, o filme é um sucesso."

"Alinhado a esse propósito, a direção da TNT já conversou com o comentarista Rubens Ewald Filho para evitar que episódios como os comentários feitos durante a transmissão do Oscar no último domingo se repitam, e decidirá nas, próximas semanas, o futuro de sua participação nas transmissões e conteúdos digitais da marca", completa o texto, que conta com um pedido de desculpas do jornalista. 

"Rubens Ewald Filho é um dos mais respeitados e conceituados críticos de cinema do país, e há anos leva informação, conhecimento e sua paixão na cobertura das premiações pela TNT. Rubens se desculpa pelos termos que possam ter ofendido ou provocado mal-estar. Em nenhum momento houve a intenção de endossar qualquer posicionamento preconceituoso", finaliza.

Ainda durante a premiação o canal usou as redes sociais para se retratar, embora não tenha conseguido dispersar as críticas. "Sim, a Daniela Vega é uma mulher. E que mulher!", dizia a publicação da TNT.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade