Publicidade

Correio Braziliense

Documentário sobre a carreira do maestro Claudio Santoro vai estrear

Em comemoração aos 29 anos de morte do maestro Claudio Santoro, o documentário 'Santoro - O homem e sua música' vai estrear


postado em 07/03/2018 17:20 / atualizado em 07/03/2018 17:36

Durante os 50 anos da carreira de Claudio Santoro, ele compôs mais de 600 obras (foto: Divulgação )
Durante os 50 anos da carreira de Claudio Santoro, ele compôs mais de 600 obras (foto: Divulgação )
 
A morte do maestro brasileiro Claudio Santoro (um dos três maiores músicos eruditos do país, ao lado de Carlos Gomes e Heitor Villa-Lobos) completa 29 anos nesta quarta-feira (7/3). Ele, que compôs mais de 600 obras, escolheu Brasília para se abrigar depois de retornar do exílio na Europa. Na quinta-feira, o documentário Santoro - O homem e sua música, que conta a trajetória do maestro, estreia nos cinemas nacionais. 
 
No cinema Espaço Itaú, que fica localizado no shopping casa Park (SGCV Sul lt 22), no entanto, haverá nesta quarta-feira uma pré-estreia especial. O quarteto de cordas do Teatro Nacional fará uma apresentação e será regido pelo maestro Claudio Cohen. Porém, o evento é exclusivo para convidados e amigos da família de Santoro. 

O maestro foi o criador da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, que hoje leva o nome do artista. Além de ter sido convidado pelo próprio Darcy Ribeiro para criar o Departamento de Música da Universidade de Brasília. Ele também trabalhou com nomes como Vinicius de Moraes, com o qual fez as canções 13 poemas de amor e A música da alma.

 
 

O filme foi dirigido pelo inglês radicado no Brasil John Howard Szerman e traz imagens de arquivo do próprio Cláudio Santoro. Além disso, há comentários de diversas personalidades, dentre elas estão familiares do artista, biógrafos, amigos, como Roberto e Sonia Salmeron, músicos, como Jocy de Oliveira e Ney Salgado, maestros, como Claudio Cohen e Henrique Morelenbaum, e musicólogos, como Lutero Rodrigues e Sérgio Nogueira Mendes.

As composições mostradas em Santoro - O homem e sua música foram tocadas pela Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, Filarmônica de Minas Gerais e a Filarmônica Amazonas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade