Publicidade

Correio Braziliense

Taylor Hickson processa estúdio após sofrer acidente em 'Ghostland'

A pedido do diretor Pascal Laugier, Taylor teria socado uma porta de vidro que se quebrou e a feriu no rosto


postado em 11/03/2018 09:58

A atriz Taylor Hickson, conhecida por ter participado do filme Deadpool, está processando o estúdio Incident Productions por conta de um acidente grave que ela sofreu na gravação da produção Ghostland, que estreia nos Estados Unidos no próximo dia 14 de março.

De acordo com o site Deadline, durante a gravação de uma cena do filme, em dezembro de 2016, o diretor Pascal Laugier pediu para a atriz socar com força uma porta de vidro temperado e o objeto quebrou, fazendo com que Hickson caísse em cima da porta e causasse um corte no seu rosto que necessitou de 70 pontos e deixou cicatriz permanente no lado esquerdo da sua face.

"Tinha muito sangue e uma mulher que trabalhava na produção segurou o meu rosto com guardanapos", disse a atriz para o site. Na ação, Hickson alega que a cicatriz fez com que sua carreira praticamente terminasse porque nenhum estúdio a chama para testes por conta da cicatriz.

Os advogados de Hickson alegam que o estúdio foi negligente e assumiu o risco que ela se lesionasse ao usar uma porta de vidro fora dos padrões utilizados na indústria cinematográfica e sem ter um dublê no set que pudesse fazer a cena. O site informou que o estúdio ainda não se posicionou sobre o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade