Publicidade

Correio Braziliense

BBB18: Eliminação de Patrícia deve redesenhar estratégias dos brothers

Principal aliada de Diego deixa o programa e surpreende o brother. Gleici se gaba do poder e Ayrton sugere: 'Se combinarmos voto, acabou pra eles'


postado em 14/03/2018 17:09

Diego sobreviveu ao segundo paredão no 'BBB18'(foto: TV Globo/Reprodução)
Diego sobreviveu ao segundo paredão no 'BBB18' (foto: TV Globo/Reprodução)

 
A eliminação de Patrícia na terça-feira (9/3) não foi uma surpresa para o público do Big Brother Brasil. Um dia antes da divulgação do resultado, enquetes não-oficiais mostravam que a sister seria eliminada com uma  grande porcentagem de votos, o que de fato ocorreu: a cearense bateu o recorde de rejeição e deixou o reality com 94,26% dos votos. Dentro da casa, no entanto, a saída da sister surpreendeu. 

Principal aliado da agora ex-sister, Diego acreditava que a amizade entre os dois seria suficiente para eliminar Caruso, o terceiro emparedado. Patrícia, inclusive, chegou a afirmar que sentia pena do publicitário paulista, já que ele estava ''sozinho'' nesta berlinda. 

Sobrevivente de dois paredões, Diego é um jogador nato, mas se safou pela oportunidade. Na primeira vez, foi ofuscado pela polêmica envolvendo Lucas e sua noiva, Ana Lúcia. Na segunda, se tornou coadjuvante após a atitudes controvérsias de Patrícia, o que inclui a combinação de votos para a formação de paredões. 

Se fora da casa ele não representa uma grande ameaça, dados os 3,30% dos votos no último paredão, dentro os números mostram o contrário. No queridômetro, sistema de notas atribuídas pelos brothers dentro do reality, o escritor aparece na lanterna, com 3 pontos, na frente apenas de Jéssica, que conta com uma nota de 2,9. 

No Raio-X desta quarta-feira (14/3), ele afirmou: ''Vou tentar continuar com a cabeça erguida''. Resta saber se a pose vai ser suficiente para redobrar a atenção do brother e fazer com que ele reverta suas estretégias. 

VITÓRIA

A acreana Gleici, por outro lado, está no auge. Além de ter indicado Patrícia ao paredão, ela adota uma postura no jogo que conquistou o público. A saída da cearense, no entanto, pode atrapalhá-la, na medida em que ela começa a demonstrar que percebeu o poder que possui - Gleici foi a menos votada no paredão da última semana e protagonizou uma eliminação falsa. 

Ayrton, o pai da família Lima, mostra que está bastante atento. Em conversa com Paula, Jéssica e Breno no Bangalô do Líder, o carioca foi incisivo: ''Se a gente combinar voto, acabou pra eles'', disse em referência à Diego, Viegas e Caruso. A fala foi recebida em tom de brincadeira, mas, como o próprio Tiago Leifert diz, o jogo muda a todo momento e os brothers podem usar isso como vantagem no futuro. 

Pouco mais de um mês separa a eliminação de Patrícia e a final do programa, prevista para o dia 19 de abril. Além disso, ainda restam sete eliminações para que se chegue aos três finalistas da edição.

Atualmente, o cenário é o seguinte: de acordo com enquete do site UOL, Gleici vence a edição com 38% dos votos. Kaysar vem em seguida, com 28%. Já o terceiro lugar é da família Lima, por seus 16%. Os três menos favoritos ao prêmio, de fato, são os 'antagonistas' Caruso (1,2%), Wagner (0,89%) e Viegas (0,6%). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade