Publicidade

Correio Braziliense

Teatro popular de bonecos mantém tradição com novas trupes

Mostra internacional reúne grupos e brincantes de cinco países para se apresentar no DF


postado em 20/03/2018 06:24 / atualizado em 20/03/2018 10:30

A tradicional arte do teatro de bonecos ganha protagonismo em mostra internacional na cidade(foto: MITPB/Divulgação)
A tradicional arte do teatro de bonecos ganha protagonismo em mostra internacional na cidade (foto: MITPB/Divulgação)
 
 
Uma das regiões mais vivas do Distrito Federal, Taguatinga será casa de bonecos e artistas do mundo inteiro no mês de março. A Mostra Internacional de Teatro Popular de Bonecos reúne 12 apresentações, exposições e rodas de conversa entre o teatro Sesc Paulo Autran e o gramado central do Taguaparque. A ideia é manter viva a tradição da arte milenar da brincadeira com bonecos e promover um intercâmbio de cultura entre a criação de diferentes países.

A escolha da cidade não foi por acaso. Taguatinga é um celeiro dessa tradição, onde nasceram grupos como Mamulengo Presepada, Mamulengo Sem Fronteiras e Carroça de Mamulengos. De hoje a sábado, fica em cartaz a Exposição Bonecos de Todo Mundo, com vasta coleção de bonecos da Itália, Portugal, Inglaterra, Birmânia, Argentina, Irã, Indonésia e Brasil.

Para Chico Mamulengo, organizador da mostra, as tradições populares devolvem ao público o reflexo de suas memórias e modos de vida de forma universal, que conecta o espectador com suas raízes. Os bonecos que entram em cena para ganhar vida podem ser feitos de madeira, tecido, papel, papelão.

“O teatro de bonecos dialoga sempre com o presente, seja ele qual for. Essa tradição carrega uma estrutura dramática aberta ao improviso e à participação espontânea de qualquer público”, destaca Chico. Para ele, Manter firme uma tradição é mudar constantemente para se adaptar às novas condições de criação e de apresentação. Uma tradição é uma herança recebida e cada nova geração deve saber que, para dignificar essa herança, é preciso acrescentar algo a ela antes de passá-la adiante.

A preparação de um bonequeiro tradicional se dá a partir da convivência com outros brincantes ou com mestres da tradição, além da observação e prática cotidiana dos vários aspectos que envolvem uma brincadeira tradicional.

No caso do Mamulengo, a preparação é a convivência com o mestre bonequeiro. Tradição ensinada com o convívio, brincando e aprendendo com o tempo. Na observação e trabalho com o mestre que compartilha seus saberes do brincar com o aprendiz.

Chico Simões conta que cada brincante desenvolve uma forma ou técnica pessoal na relação com o boneco. Enquanto isso, Flávia Felipe, educadora e produtora que vai mediar uma roda de conversa da mostra, lembra que essa é uma manifestação tradicional da cultura popular onde as tensões sociais, as alegrias e as trocas de papéis se apresentam com tipos sociais marcantes das sociedades.

“Realizar uma mostra com teatro popular de bonecos de várias partes do mundo nos possibilita conhecer os personagens e as histórias de cada cultura de origem da brincadeira”, destaca. A educadora lembra, ainda, que essa, como toda tradição, é dinâmica. Seus tipos sociais permanecem nas sociedades, mudando e apresentando traços atuais, dialogando com qualquer público e de qualquer idade.

Nessa mostra, o publico poderá conhecer diferentes teatros de bonecos, como o Punch & Judy, teatro popular inglês; Dom Roberto, teatro popular de marionetes de Portugal; Guarattelle, teatro popular de bonecos da Itália; a antiga tradição de fantoches da Argentina e, claro, o Mamulengo, teatro popular de bonecos do nordeste brasileiro.



Mostra Internacional de Teatro Popular de Bonecos
De hoje a sábado, no Teatro Sesc Paulo Autran, Taguaparque e Ponto de Cultura Invenção Brasileira. A entrada é franca e a classificação indicativa, livre.

Confira a programação completa da mostra

20/3 (Terça)

Das 9h às 17h -  Exposição Bonecos de todo mundo, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)


21/3 (Quarta)

Das 9h às 17h -  Exposição Bonecos de todo mundo, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)

22/3 (Quinta)

Das 9h às 17h -  Exposição Bonecos de todo mundo, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)

19h - Mamulengo Presepada - O Romance do Vaqueiro Benedito, com intérprete de libras, no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)

20h30 - Storie di Pulcinella, de Bruno Leone (Itália), no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)

23/3 (Sexta)

Das 9h às 17h -  Exposição Bonecos de todo mundo, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)

19h -  O Barbeiro, de João Costa (Portugal), no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)

20h30 -  Las Aventuras de Katita y Falucho, com Teatro Alpargata (Argentina), no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)

24/4 (Sábado)

Das 9h às 17h -  Exposição Bonecos de todo mundo, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)

15h - Roda de Conversa A tradição e a poética do brincar, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (QSB 12/13, Taguatinga Sul)

19h - Carroça de mamulengos, com Babauzeiro, no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)

20h30 - Amy Trompetter (EUA), no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Taguatinga Norte)


25/3 (domingo)

9h -  Exemplos de bastião, com Mamulengo sem fronteira, no Taguaparque

9h30 - Amy Trompetter (EUA), no Taguaparque

10h - Storie di Pulcinella, com Bruno Leone (Itália), no Taguaparque

10h30 - Las Aventuras de Katita y Falucho, com Teatro Alpargata (Argentina), no Taguarparque

11h - O Casamento de Chiquinha Muito Prazer Filha com Tião Sem Sorte, com  Mamulengo Alegria, no Taguaparque

11h30 - O barbeiro, de João Costa (Portugal), no Taguaparque


Taguaparque – Pistão Norte / Taguatinga Norte

25/03 (domingo)

9h: Mamulengo Sem Fronteiras - Exemplos de Bastião (BRA)

9h30: Amy Trompetter (EUA)

10h: Bruno Leone - Storie di Pulcinella (ITA)

10h30: Teatro Alpargata - Las Aventuras de Katita y Falucho (ARG)

11h: Mamulengo Alegria - O Casamento de Chiquinha Muito Prazer Filha com Tião Sem Sorte (BRA)

11h30: João Costa - O Barbeiro (POR)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade