Publicidade

Correio Braziliense

Zezé Di Camargo critica mobilização pela morte de Marielle e é detonado

Cantor comparou a execução da vereadora à morte de uma médica durante assalto


postado em 20/03/2018 16:40

Zezé afirmou que estão transformando a 'bárbarie' em 'politicagem'. (foto: Instagram/Reprodução)
Zezé afirmou que estão transformando a 'bárbarie' em 'politicagem'. (foto: Instagram/Reprodução)
 
O cantor Zezé di Camargo causou polêmica nas redes sociais ao se manifestar sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). Criticando a mobilização pela morte da política, no Instagram, o sertanejo compartilhou uma publicação que compara a execução da vereadora à morte da médica Gisele Palhares, assassinada 2016 com dois tiros durante um assalto.
 
"Embora mulher, não era negra, não era pobre, não era feminista, não era militante de partidos políticos, não frequentava os círculos LGBT, não era MTST, CUT ou PSOL, não estava dentro dos programas de assistências de cotas do governo. Enfim, não preenchia os requisitos necessários para uma mobilização nacional", dizia o texto.

Na legenda da foto, Zezé opina sobre o caso, afirmando que estão transformando a "barbárie" em "politicagem". "Vamos refletir? Como cidadão tenho direito de expressar minha opinião. Aos que concordam comigo, obrigado! Aos que divergem, apenas conteste sem ofensas. Lembrando, apenas, que o texto não é meu. Repostei, porque achei coerente e verdadeiro. Parabéns ao autor! Transformar uma barbárie em politicagem, não!", digitou o músico. Atualmente, o Instagram do cantor aparece no modo privado - as publicações só aparecem para seus seguidores. 

Nesta segunda-feira (19), o posicionamento de Anitta em torno da morte da política também foi motivo de controvérsia. Desde o dia 14 de março (quando o homicídio foi realizado), a cantora, que veio da periferia do Rio, foi criticada por não se pronunciar sobre o caso. Diante das cobranças, ela decidiu se manifestar em um post no Instagram.
 
"Eu ia fazer um post daqui um tempo, que era quando eu achava que faria sentido para mim. Mas não tive muita paciência para aturar o ódio gratuito dos internautas até lá", escreveu. Horas depois, a cantora editou a publicação e tirou o texto, colocando somente um emoji no lugar. 

Confira a publicação: 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade