Publicidade

Correio Braziliense

Documentário que defende convexidade da Terra será exibido em Brasília

Segundo os estudos revelados no documentário, a Terra seria plana no oceanos e convexa nos continentes


postado em 22/03/2018 11:20 / atualizado em 22/03/2018 17:59

Grupo de pesquisadores propõem um novo modelo de mapa-mundi(foto: Dakila Pesquisas/Divulgação)
Grupo de pesquisadores propõem um novo modelo de mapa-mundi (foto: Dakila Pesquisas/Divulgação)
 
Nem plana, nem redonda: convexa. É a resposta a que um grupo de cientistas brasileiros membros do Dakila Pesquisas chegou sobre o formato da Terra. O processo para tal conclusão poderá ser conferido no longa Terra convexa: O documentário, que será exibido em 26 de março, no Parlamundi da LBV (Asa Sul), às 20h.

Segundo os resultados da pesquisa, a Terra seria convexa no continentes e plana nas águas. Os estudos também revelariam um continente, até então não descoberto, separado por um paredão de gelo, além de novos conhecimentos em relação ao sol, à lua e às constelações. 

A Dakila Pesquisas defende que a tese de que a Terra é redonda foi derrubada por sete experimentos: geodésico, que consiste em medir dois prédios com ampla distância, tendo como referência o nível do mar; experimento a laser para verificar a planicidade das águas; nivelamento das águas; distorções óticas; experimento com barcos na linha do horizonte; e experimentos da gravidade e dos corpos celestes.

Os pesquisadores envolvidos no projeto argumentam ter utilizado metodologia científica rigorosa e equipamentos de ponta ao longo dos sete anos de empreitada. O grupo é composto por astrônomos, cartógrafos, geólogos, topógrafos, engenheiros civis, entre outros profissionais. 

A ideia de investigar a forma da Terra partiu de supostas incongruências entre fenômenos naturais e os ensinamentos acadêmicos observadas pelos pesquisadores. O Dakila Pesquisas disponibilizará a metodologia detalhada e tecnologia empregadas. Também será lançado o livro Terra convexa e uma novo modelo de mapa múndi.

O evento está sujeito à lotação. Interessados em reservar assento para assistir ao documentário devem enviar e-mail para ouvidorianucleodf@gmail.com.

Serviço

Exibição do longa-metragem Terra convexa: O documentário
Parlamundi da LBV, auditório Austregésilo de Athayde (SHAS 915 lote 75/76, Asa Sul). Em 26 de março (segunda-feira), às 20h. Entrada a R$ 18. Inscrições: ouvidorianucleodf@gmail.com. Classificação indicativa livre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade